Últimas

Microsoft é criticada por festa com mulheres seminuas durante GDC

A Microsoft e sua divisão de games Xbox estão sendo duramente criticadas por membros da indústria de jogos devido a organização de uma festa durante a GDC 2016. O evento, realizado na noite de ontem (17), contou com dançarinas em trajes curtos, que lembravam o de colegiais.

O evento reunia membros da indústria de jogos e a escolha em contratar as garotas – que também eram orientadas a socializar com os convidados – desagradou boa parte dos presentes. Engana-se que as críticas vieram somente de mulheres: o próprio chefe de marketing da divisão Xbox, Aaron Greenberg, afirmou, via Twitter, estar “muito desapontado” com a decisão de colocar dançarinas vestidas com trajes diminutos em palcos elevados no meio da festa.

@ZenMobius @XboxP3 @Xbox @Microsoft @Spacekatgal @GDC Very disappointed to see this, going to follow up with team.

— Aaron Greenberg (@aarongreenberg) 18 de março de 2016

O executivo havia sido questionado sobre o tema na própria rede social e disse que vai cobrar explicações de sua equipe. Ao dar a resposta de que iria apurar com os envolvidos, Greenberg foi rebatido por uma desenvolvedora de games Brianna Wu, que estava presente na festa e reforçou que não é a primeira vez que uma situação dessas ocorre.

@aarongreenberg @ZenMobius @XboxP3 @Xbox @Microsoft Aaron, this isn’t just this party. I’ve seen the same at other MS events in San Fran.

— Brianna Wu ? SXSW (@Spacekatgal) 18 de março de 2016

Curiosamente, no mesmo dia a empresa convidou mulheres relacionadas à indústria de jogos para um almoço. A sucessão de eventos – um destinado apenas a mulheres e outro com teor sexista – também foi criticado por quem estava presente, como o designer Emre Deniz, que considerou os fatos como uma “narrativa sexista”.

Speaking to a coworker; women get brunches and men get nightclub booth-babe podium party. Notice the implied sexist narrative? How proper.

— Emre Deniz ?? #GDC16 (@Emre_C_Deniz) 18 de março de 2016

Outro que se manifestou foi o chefe da divisão Xbox Phil Spencer, por meio de um comunicado divulgado à imprensa. Segundo o executivo: “Nós representamos o Xbox e a Microsoft de uma forma que não condiz ou está alinhada com nossos valores. Foi totalmente errado e não será tolerado. Eu sei que desapontamos muitas pessoas e eu estou pessoalmente comprometido em manter nossa atuação nos padrões mais elevados. Temos que garantir que a diversidade e a inclusão norteiem nosso trabalho diário e nossos valores. Todos nós faremos melhor em uma próxima oportunidade”. Não houve outras manifestações por parte da empresa.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *