Microsoft e Google prestam suas homenagens no Dia Internacional da Mulher

Embora ainda sejam minoria no mundo da tecnologia, como recentes relatórios e pesquisas insistem em comprovar, o papel da mulher foi comemorado nesta terça-feira, 8, por diversas empresas líderes no segmento. Google, Microsoft e Facebook fizeram questão de celebrar o Dia Internacional da Mulher prestando suas homenagens na internet.

Quem usou a ferramenta de buscas do Google nesta terça certamente viu o doodle especial lançado pela empresa. O logotipo do site foi substituído por uma arte e um vídeo que ressaltam a campanha “Um Dia Eu Vou…”, mostrando mulheres de diversas partes do mundo reforçando sua importância e seu papel na sociedade. Até a ativista e vencedora do prêmio Nobel, Malala Yousafzai, aparece no vídeo.

[embedded content]

Ao todo, o Google entrevistou 337 mulheres, de diversas idades, em 13 países diferentes, e as pediu que completassem a frase “um dia eu vou…”. O resultado é visto em uma montagem sem legendas ou dublagens, com o idioma original de cada uma das entrevistas audível, e uma animação cobrindo os “sonhos” das mulheres. O Google também liberou vídeos mostrando os bastidores das filmagens em alguns países. Confira o do Brasil clicando aqui.

O YouTube, sob o guarda-chuva do Google, também aderiu às comemorações lançando a campanha “#OwnYourVoice“, que significa “seja dona da sua voz”, em tradução livre. Sete criadoras de conteúdo de diversos locais do mundo foram convidadas a atuarem como embaixadoras da ONU em uma ação a favor da igualdade de gênero. A youtuber brasileira escolhida foi Taty Ferreira, do canal Acidez Feminina, cujo vídeo você pode conferir aqui. Veja abaixo a promoção da campanha feita pelo YouTube:

[embedded content]

A Microsoft também entrou na onda e lançou uma campanha que busca fomentar o interesse de jovens garotas pelo mundo da ciência e da tecnologia. Com a pergunta “O que você vai criar?”, a empresa dá voz às meninas que têm interesse pela área enquanto lembra que poucas são as mulheres lembradas na ponta da língua quando o assunto é sobre grandes inventores.

[embedded content]

Além disso, a unidade brasileira da Microsoft se aliou a 15 ONGs para incentivar o estudo de linguagens de programação entre meninas. O projeto pretende organizar turmas só de garotas para as aulas da plataforma virtual Eu Posso Programar, que usa atividades lúdicas e games para ensinar princípios de programação.

As meninas serão convidadas pelas redes sociais para fazer parte do projeto. Ao fim do curso, cada uma receberá um certificado validado pela Microsoft e pela Code.org. Em seguida, elas poderão convidar outras garotas a também participar do curso. A ideia da empresa é viralizar a campanha pelo Facebook, Twitter e Instagram, entre outras redes.

Outras companhias que também lembraram a data foram Spotify e Facebook. A primeira divulgou uma playlist com as mulheres mais ouvidas entre os usuários da plataforma; enquanto a rede social de Mark Zuckerberg recebeu os usuários que fizeram login nesta terça com um cartão comemorativo.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *