Nação Zumbi libera trecho de ensaio tocando Criança de Domingo. Veja

Nação relembra disco com Manguetown, Macô e Maracatu Atômico. Foto: Jair Magri/Divulgação
Nação relembra disco com Manguetown, Macô e Maracatu Atômico. Foto: Jair Magri/Divulgação

Criança de domingo é uma faixa importante do disco Afrociberdelia, lançado por Chico Science e Nação Zumbi há 20 anos. A música – versão para uma canção da banda paulista Fellini – teve trechos usados como lamento, por fãs e imprensa, na ocasião da morte do vocalista Francisco de Assis França, em um acidente de carro em uma tarde de domingo. Nesta quarta-feira, um trecho da composição foi divulgado na página oficial da Nação Zumbi no Facebook.

“Palhinha de %u202A#‎afrociberdelia20anos”, diz o começo do texto. A turnê comemorativa de duas décadas do álbum já teve ensaios abertos no Recife e estreia no próximo dia 2, no Circo Voador, no Rio de Janeiro.

A apresentação chegará à capital pernambucana no dia 7 de maio, no Clube Português. O show da Afrociberdelia – considerado um álbum revolucionário, com clássicos absolutos – no Recife inicialmente estava marcado para 12 de março, data do aniversário da cidade, mas acabou não se concretizando.

Criança de Domingo

Palhinha de #afrociberdelia20anos – estreia dia 2/4 sábado no Circo Voador e dia 7/4 no Bar Opinião#chicoscience50anos abertura documentário Chico Science – Um Caranguejo ElétricoTrecho da música Criança de Domingo Registro do ensaio geral para turnê especial “Nação Zumbi apresenta #afrociberdelia20anos” Dirigido por Pablo Lopes e Babel ProduçõesProduzido por Betania Silveira, Thiago Brigidio e Gabriel IzidoroDireção de fotografia: Rafael ReinesSegunda camera: Rafael NotoEdição e finalização de vídeo: Rafael ReinesÁudio gravado e mixado por Pablo LopesAssistentes de gravação: Pedro Pacheco, Josuel Santos, Marcilio Moura

Posted by Nação Zumbi on Tuesday, March 29, 2016

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *