Nem Vardy salva! Artilheiro marca, mas Inglaterra leva virada da Holanda

Após a vitória por 3 a 2, de virada, sobre a Alemanha, a Inglaterra começou o amistoso contra a Holanda confiante de que poderia obter um resultado positivo diante dos seus torcedores, que lotaram o estádio Wembley, em Londres. E os espectadores presentes tiveram a oportunidade de ver o centroavante Vardy, sensação do Leicester, marcar mais uma vez, mas o tento não ajudou a garantir a vitória da Inglaterra, que sofreu gols de Janssen e Narsingh e acabou derrotada por 2 a 1.

Como não se classificou para a Eurocopa-2016, a Holanda aproveitou a oportunidade para testar alguns jogadores visando a preparação para as Eliminatórias da Copa 2018. E, por conta disso, a seleção holandesa acabou dominada pela Inglaterra durante os primeiros minutos de partida.

A primeira chance de perigo da Holanda aconteceu após a homenagem prestada a Johan Cruyff, aos 14 minutos, quando todos os torcedores aplaudiram o ex-jogador, falecido na última semana. Afellay tentou chute de fora da área, mas Foster fez boa defesa. Já a Inglaterra sofria para furar a forte retranca imposta pelos holandeses e teve poucas chances com Jamie Vardy, atacante que é o vice-artilheiro da atual temporada do Campeonato Inglês, com 19 gols.

E foi o artilheiro do Leicester quem abriu o placar: após bela troca de passes iniciada na lateral esquerda com Milner, Lallana esticou a bola para Walker, que cruzou para a área para Vardy apenas completar para o fundo da rede, marcando seu segundo gol em seus dois primeiros jogos pela seleção.

A vantagem inglesa no placar acabou indo por terra no início da segunda etapa. Após cruzamento em direção à área inglesa, a bola acabou batendo na mão de Rose e o árbitro marcou a penalidade, que Janssen converteu com tranquilidade, empatando a partida em 1 a 1. 

O gol inflamou os holandeses, que diminuíram a forte marcação no meio-campo e passaram a apostar em jogadas de velocidade pelas laterais. E foi em uma destas jogadas que Janssen conseguiu superar a marcação inglesa e rolou para Narsingh, livre, marcar o gol da virada holandesa e decretar números finais ao jogo. 

No final da partida, ainda aconteceu algo inusitado: o árbitro Antonio Lahoz indicou o final da partida após os três minutos de acréscimos indicados por ele terem acabado. Contudo, para surpresa de todos, o árbitro informou que não havia encerrado o jogo, retomando a partida por mais alguns segundos antes de, finalmente, apitar o final do jogo. 

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *