Últimas

Nobre detona entrada da torcida no CT e ataque a ônibus: 'Absurdo'

Paulo Nobre condenou a entrada de torcedores na Academia de Futebol, no sábado, e o apedrejamento do ônibus da delegação após a goleada para o Água Santa. Conhecido por ter relação ruim com as torcidas organizadas do Palmeiras, o presidente diz que não deixará isto acontecer novamente.

– Todos sabem minha opinião, não tenho nada contrário a nenhum torcedor, uniformizado ou não. A filosofia desta diretoria é que conversa com o elenco cabe aos profissionais ligados ao futebol, não ao torcedor. Isto não ajuda em nada, nunca ajudou, mas não podemos dizer que os últimos problemas são por esses desordeiros que acham que no Palmeiras eles podem comandar alguma coisa – resumiu o dirigente, nesta tarde.

– A torcida é maravilhosa quando torce, tem todo o direito de vaiar, de cobrar, mas não tem direito de invadir a casa dos outros e na pressão falar com o elenco. Mas não vamos desfocar, é uma coisa absurda, que esta diretoria vai fazer de tudo para não deixar acontecer de novo, mas os problemas não surgiram neste sábado. O Palmeiras não joga bem desde o começo do ano e isto temos de reverter – acrescentou Nobre.

No sábado, durante o último treino para a partida contra o Água Santa, alguns membros da Mancha Alviverde entraram na Academia de Futebol e conversaram com alguns jogadores e Cuca. O clube, em nota oficial, repudiou o ato e classificou como invasão, enquanto a organizada alegou que o encontro foi pacífico e produtivo.

Na madrugada de segunda-feira, para evitar problemas, a delegação voltou de Presidente Prudente (SP) de ônibus, mas ainda assim passou por sustos. A cerca de 150 km de São Paulo (SP), o veículo foi apedrejado. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *