Últimas

Olha ela! De um lado, a mulher que adora discutir; do outro, a filha carinhosa: as duas personalidades de Ana Paula Renault

Quem já ouviu a frase “quando sou boa, sou muito boa, mas quando sou má, sou melhor ainda” sabe que se encaixa para a moça. Mais polêmica participante do “BBB 16”, a jornalista divide opiniões: para uns, seu lado explosivo causa repulsa. Em outros, sua sinceridade provoca admiração. Para conhecê-la melhor, escancaramos sua dupla personalidade: a boa e a má, seu lado Ruth e o jeito Raquel. Ana Paula diz que não é de aprontar vilanias, mas se entrega nas fotos, e fica mais à vontade na hora de viver Ana, a Louca.

Sua primeira vítima foi a irmã Cida, de 30 anos, que tem acompanhado a loura após a expulsão do programa. — Dizia que ela era adotada porque não tinha nenhuma foto dela até os 3 meses. Minha mãe era muito puxa-saco dela, então falava que a mamãe fazia isso para agradar porque não era filha biológica. Ela chorava muito — relembra.

Ana Paula foi expulsa por bater num participante, mas está colhendo os louros da fama

Ana Paula foi expulsa por bater num participante, mas está colhendo os louros da fama Foto: Fotos de Gustavo Azeredo

Dentro do “BBB”, Ana Paula adorava atormentar o almoço dos brothers, e nos encontros de família não é diferente. — Já criei climão em eventos familiares várias vezes! Numa delas… — começa a narrar ela, que leva uma bronca da irmã: — Você não precisa contar os detalhes. Ahh…

Se as vilãs despejam suas maldades contra os inimigos, com Ana Paula é diferente. São os amigos mesmo que ela gosta de incomodar. — Não quero que me achem legalzinha. É para me amar ou odiar — decreta. — Se a pessoa me irritar, eu vou atazanar até ela ficar mais irritada do que eu.

E Ana Paula grita pra valer, tanto que certa vez seu pai, Gerardo, mandou que ela fizesse uma audiometria. — Ele disse que não era possível alguém falar tão alto e insistiu, dizendo que pagava o meu plano de saúde e era uma ordem. Fui ao médico e minha audição é 100% perfeita— diverte-se a mineira.

Ana Paula Renault admite que adora gritar, mas ganhou milhares de fãs

Ana Paula Renault admite que adora gritar, mas ganhou milhares de fãs Foto: Fotos de Gustavo Azeredo

O pai é quem conhece muito bem a dupla personalidade dela, principalmente o lado bom. Ao mesmo tempo em que, aos 34 anos, ainda dá trabalho com sua vida social agitadíssima, a relação entre eles é tão próxima que Ana Paula garante que não existe a chance de ser mãe solteira: — Como a morte da minha mãe, aos 17, eu me aproximei muito do meu pai, e não quero privar meu filho de ter essa figura paterna.

No reality show, a personalidade de Ana Paula fez com que Adélia ameaçasse deixar o confinamento, esbravejando que não aguentava ficar no mesmo ambiente que a loura. A atitude não chega a ser novidade. Chamada de Ana Bola na infância, ela encarava numa boa o apelido, mas num determinado dia, se irritou. E o colega que ousou incomodá-la não durou muito tempo na escola. —Não chorei. Pelo contrário, perturbei tanto que ele pediu para sair. Foi meu primeiro embate — recorda. E só pra esclarecer: não houve tapas dessa vez.

Ana Paula Renault dizia que a irmã era adotada, mas não dispensa a companhia da família

Ana Paula Renault dizia que a irmã era adotada, mas não dispensa a companhia da família Foto: Fotos de Gustavo Azeredo

Vítima de bullying na infância, ela voltou a sofrer críticas quando adulta. Após concluir o curso de Jornalismo, optou por não trabalhar: — Se um cara se aproxima, pergunta nome, idade e o que eu faço, já descarto. Porque se essa é uma preocupação dele, já sei que vai me recriminar — lamenta. Na relação a dois, ela admite ciúme, revela que gosta de dar presentes e deixa escapar até sua fraqueza: “Meu medo de casar é separar. Não ia aguentar perder a pessoa que amo.

E até na hora de falar sobre as características do homem ideal, ela mostra sua dualidade: —Gosto de homem cavalheiro e que saiba ceder, mas não pode exagerar. Um dia ele vai fazer o que eu quero, mas se abrir mão de suas vontades sempre, vai me cansar.

É aos gritos também que Ana Paula defende quem gosta. Ela é do tipo que levanta a bandeira dos amigos a qualquer custo. Neste caso, deixa a bronca para depois: — Sou leal, divertida, e compro a briga dos amigos, até quando estão errados. Se precisar, falo no cantinho que agiram mal.

Ana Paula Renault não disfarça que gosta de provocar

Ana Paula Renault não disfarça que gosta de provocar Foto: Fotos de Gustavo Azeredo

Ana Paula Renault tem 34 anos

Ana Paula Renault tem 34 anos Foto: Fotos de Gustavo Azeredo

Fonte: Jornal Extra (http://extra.globo.com)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *