Opinião: Nosso novo Diario

Um dos pilares de sustentação e validação de um Estado Democrático é a atuação de uma imprensa séria, livre e autônoma. Nós, pernambucanos e brasileiros, estejamos certos que temos um meio de comunicação que cumpre sua missão moral e jornalística, de oferecer informações com clareza, prudência e imparcialidade.

Trato do jornal mais antigo em circulação na América Latina, nosso Diario de Pernambuco, que ultrapassa os séculos, perpassa relevantes momentos históricos e mantém-se sempre incólume, representando um arauto e uma referência da comunicação. O fato de ter 190 anos de história já o insere num seleto rol de prestígio, mas, talvez, uma de suas maiores virtudes seja ser quase bicentenário e extremamente moderno e atualizado.

Pois valorosa é a virtude de mudar sem perder a essência, sua tiragem não para de crescer, versões digitais são aprimoradas, mudanças na diagramação, criação de novas colunas, evoluções necessárias e que só aumentam sua eficiência e credibilidade. Parte fundamental desse novo patamar assumido pelo Diario deve-se diretamente à nova gestão, comandada pelos senhores Alexandre Rands, Maurício Rands e Guilherme Machado, que, com ideais vanguardistas e visionários, atuam de maneira substancial para o crescimento e fortalecimento do amigo de todos os pernambucanos.

Evidente que, além de uma direção empreendedora e eficiente, o jornal alcança esse patamar pela dedicação e competência de todos os seus colaboradores, que também merecem aplausos. Editores, jornalistas, fotógrafos, articulistas, anunciantes, redatores, membros da gráfica, entregadores e todos os integrantes da equipe Diario de Pernambuco.
Assim como o bom vinho, com o passar dos anos fica melhor e mais apurado. Traz matérias investigativas, cadernos especiais, textos claros e impecáveis, reportagens esclarecedoras, tornando-se vencedor de inúmeros prêmios, consolidando-se como um dos meios de comunicação mais respeitados e admirados do país. Uma referência.

Tenho a certeza que Antonino de Miranda Falcão está orgulhoso e realizado com os rumos que tomou a semente que plantou há quase dois séculos e que, pautado no compromisso com a verdade e respeito ao leitor, faz parte substancial da história do jornalismo brasileiro, sendo um orgulho do povo pernambucano.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *