Últimas

Ouça o Giro UOL Economia com os destaques desta quarta, 23 de março

Deficit é de quase R$ 100 bilhões

O governo vai enviar ao Congresso nos próximos dias o projeto de lei que autoriza a redução da meta fiscal do ano para um deficit de R$ 96,65 bilhões, o equivalente a 1,55% do PIB.

A meta fiscal de 2016, definida em lei, era de poupar R$ 24 bilhões para o pagamento de juros da dívida pública. Com o projeto, o governo oficializa que 2016 será o terceiro ano consecutivo de deficit nas contas públicas, o que faz a dívida do governo crescer, assim como gastos com juros.

Leia mais

Mercado financeiro

O Ibovespa fechou em queda de 2,59% hoje, com 49.690,05 pontos. Esse foi o segundo recuo seguido da Bolsa.

A baixa foi puxada, principalmente, pelo desempenho negativo da mineradora Vale, da Petrobras e dos bancos, que têm grande peso sobre o índice. As ações da mineradora, por exemplo, despencaram 8,49%.

No mercado de câmbio, depois de uma queda ontem de 0,26%, o dólar comercial teve alta de 2,11%, e chegou a R$ 3,677 na venda.

No mês, a moeda norte-americana acumula queda de 8,16%, e de 6,87% no ano.

Leia Mais

Salário médio cai 7,5%

O salário médio do trabalhador brasileiro caiu 7,5% em fevereiro comparado com o mesmo mês do ano passado. O valor ficou em R$ 2.227,50, segundo levantamento feito nas regiões metropolitanas de Belo Horizonte, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Porto Alegre.

Na comparação com janeiro, a queda foi de R$ 35,01 ou -1,5%. Esses são números médios e podem variar. Os dados são da Pesquisa Mensal de Emprego e foram divulgados hoje pelo IBGE, que anunciou o fim desta pesquisa. Será mantida apenas a Pnad Contínua mensal que, segundo o instituto, é mais abrangente, porque usa dados de cidades de todo o país.

Leia mais

Desemprego de jovens supera 20%

Os dados do IBGE mostram também que pela primeira vez desde 2007, a taxa de desemprego dos jovens de 18 a 24 anos superou a marca de 20% na média das seis principais regiões metropolitanas do país.

O movimento vem ocorrendo desde meados do ano passado.  Entre os principais motivos está a dispensa de trabalhadores temporários contratados no fim do ano passado.

Leia mais

Energia elétrica recua 2,87%

A conta de energia elétrica ficou 2,87% mais barata para o consumidor em março, dentro do IPCA-15, divulgado hoje pelo IBGE. O item deu a principal contribuição para a desaceleração da inflação do mês, o equivalente a -0,11 ponto porcentual.

Segundo o IBGE, o movimento foi resultado da redução na cobrança extra da bandeira tarifária, que, desde 1º de março, passou dos R$ 3,00 da bandeira vermelha para R$ 1,50 da bandeira amarela, a cada 100 quilowatts-hora consumidos.

Leia Mais

Combate ao Aedes aegypti

O governo federal anunciou hoje o investimento de R$ 649 milhões para o Plano de Enfrentamento ao Aedes aegypti e à Microcefalia. O mosquito é o transmissor da dengue, da febre chikungunya e do vírus Zika. Desse valor, R$ 325 milhões serão usados durante o ano de 2016.

O Ministro da Saúde, Marcelo Castro, destacou que a previsão é investir um total R$ 258 milhões em novas tecnologias nos próximos quatro anos. Até o momento, a pasta já se comprometeu com cerca de R$ 130 milhões para o desenvolvimento de vacinas, soros e estudos relacionados ao combate ao mosquito.

Leia mais

Airbnb investe no Brasil

Para o Airbnb, companhia que oferece hospedagens em residências particulares, a Olimpíada do Rio de Janeiro vai ser muito mais importante do que a Copa do Mundo de 2014 no mercado brasileiro.

A empresa já confirmou mais de 30 mil hóspedes acomodados por meio da plataforma, em 10 mil endereços. Dessas reservas, 53% foram feitas por brasileiros, quando na Copa foram só 6%.

Segundo a companhia, já estão cadastradas mais de 70 mil acomodações brasileiras em todo o país, e cerca de 25 mil estão no Rio de Janeiro.

Leia Mais

Nova fábrica da Mercedes-Benz

A cidade de Iracemápolis, no interior paulista, entrou no mapa da indústria automobilística brasileira. A montadora alemã Mercedes-Benz inaugurou uma fábrica na qual foram investidos mais de R$ 600 milhões para produzir o sedã Classe C.

O novo parque industrial no município, que fica perto das cidades de Limeira e Piracicaba, também vai produzir o utilitário esportivo GLA a partir do segundo semestre.

O Classe C nacional começará a ser vendido a partir de 15 de abril e os preços começam em R$ 144.900.

Leia Mais

Agenda

Amanhã o IBGE vai divulgar dados da Pnad Contínua para o mês de janeiro.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *