Últimas

Pai de Djokovic ataca Federer e diz: 'Não é uma boa pessoa'

O pai de Novak Djokovic, Srdjan Djokovic, voltou a alfinetar o ex-número 1 do mundo, Roger Federer. Em entrevista para a revista Newsweek, Srdjan criticou o comportamento do tenista suíço em um duelo da Copa Davis de 2006, quando o filho enfrentava a Suíça.

O jogo citado envolvia Djokovic e Wawrinka, válido pelo confronto Suíça x Sérvia pela Copa Davis.

Mesmo com dores musculares, que dificultavam a respiração, Djokovic venceu o suíço Wawrinka. Federer estava na arquibancada.

“Quando a Sérvia jogou contra a Suíça em Genebra, em 2006, Novak tinha 19 anos. Ele tinha um problema em seu peito e não podia respirar bem. Tinha problemas para permanecer em partidas longas e pontos demorados. Mas Federer tratou de todas as formas possíveis de faltar respeito com o problema de respiração”, disse o pai de Novak Djokovic.

Naquele jogo, disputado em 5 sets, Djoko pediu atendimento médico várias vezes. Segundo Srdjan, Federer fez pouco com o problema físico de Djoko, fazendo piadas com a situação adversa do sérvio.

“[Federer] Demonstrou ser o melhor do mundo, mas não uma boa pessoa”, prosseguiu.

Srdjan diz não entender por qual motivo o tenista suíço continua atuando profissionalmente. “Por que ele ainda joga? Ele tem 34 anos”.

Pai de Djoko x Nadal

Não é a primeira vez que o pai de Djoko ataca Federer. Em 2013, o pai do tenista sérvio disse que Federer e Nadal “não eram os mesmos dentro e fora de quadra”.

Srdjan disse que Nadal deixou de ser amigo de Djokovic após o sérvio crescer no esporte.

Rafael Nadal, na época, rebateu.

“Eu aconselharia o pai do Djokovic conversar um pouco com o seu filho. Minha relação com ele sempre foi muito boa e continua sendo. Eu perdi muitas partidas contra ele, e ele também perdeu para mim. Nunca tivemos nenhum problema com isso”, disse.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *