Petróleo fecha em alta em NY, a US$ 39,31

Nova York, 21 Mar 2016 (AFP) – O petróleo encerrou em alta em Nova York, nesta segunda-feira, e voltou a se aproximar de seus mais altos valores registrados desde o início do ano.

O barril de “light sweet crude” (WTI) para entrega em abril subiu 47 centavos e fechou em US$ 39,31.

Em Londres, o barril de Brent para entrega em maio avançou 34 centavos e terminou em US$ 41,54.

“Estamos meio que surpresos com o aumento dos preços, depois das realizações de lucro de sexta-feira”, afirmou Oliver Sloup, do site iiTrader.com.

De acordo com Sloup, esses movimentos vão aproximando o petróleo dos 40 dólares – um valor alcançado várias vezes nas operações desta segunda-feira.

“Mas acho que, com esse nível de preços, veremos os produtores americanos reativando poços, e isso vai acabar pondo pressão no valor do cru”, acrescentou.

A companhia de serviços petroleiros Baker Hughes já havia relatado, na sexta-feira, um aumento da quantidade de poços ativos nos Estados Unidos. Isso não acontecia desde dezembro.

Oliver Sloup disse estar perplexo, porque, hoje, o secretário-geral da Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep), Abdallah el-Badri, declarou que os excedentes atuais do mercado são de 300 milhões de barris.

Além disso, El-Badri considerou que, na reunião de 17 de abril entre a Opep e outros produtores de cru, há boas chances de se aproximar de um congelamento da produção.

Para o analista Christopher Dembik, do Saxo Banque, o mercado continua “muito volátil”. Essa tendência deve se acentuar – previu ele – à medida que a reunião de abril se aproxima. O encontro será em Doha.

“Pode-se antecipar que a pressão diplomática será muito forte sobre o Irã, para que aceite congelar sua produção. Nessa perspectiva, é previsível aguardar várias sessões com movimentos parecidos aos de um ioiô”, comentou.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *