Últimas

PF indicia marqueteiro do PT e mais sete investigados na Lava Jato

Investigados em um inquérito da 23ª fase da Operação Lava-Jato, intitulada Acarajé, o marqueteiro do Partido dos Trabalhadores (PT) João Santana, a mulher dele Monica Moura e outras seis pessoas foram indiciados em caráter preliminar pela Polícia Federal (PF). Ficará a cargo do Ministério Público Federal (MPF) analisar o processo para oferecer ou não denúncia.

João Santana é acusado de crimes como lavagem de dinheiro, corrupção e organização criminosa pelo recebimento de US$ 7,5 milhões em conta secreta, no esquema de cartel e propinas na Petrobras. Ele está preso cautelarmente desde 23 de fevereiro em Curitiba, junto com a mulher e sócia, Mônica Moura.

A operação ‘Xepa’, deflagrada nessa terça-feira (22/3) é um desdobramento da primeira fase que mirava João Santana e os pagamentos feitos em conta secreta do casal na Suíça pela Odebrecht – empreiteira do cartel que atuava na Petrobrás – e pelo operador de propinas Zwi Skornicki.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *