PM atira bomba em arquibancada em estádio no AM e fere criança de 4 anos

Na última quinta-feira (24), em partida pelas quartas de final da Copa Verde, no Estádio da Colina, em que o Nacional (AM) empatou em 1 a 1 com o Remo, o filho do zagueiro Edson Rocha, do time amazonense, foi ferida por uma bomba atirada na arquibancada pela Polícia Militar.

A criança, de quatro anos, teve a mão queimada e inalou parte da fumaça e do gás de pimenta utilizado pelos policiais, saiu do estádio nos braços do pai e passa bem.

A confusão começou quando um torcedor do Nacional invadiu o gramado nos minutos finais da partida. Ele foi contido pelas forças policiais. Os torcedores que estavam nas arquibancadas, então, passaram a reclamar do “excesso de energia” utilizado pelos homens de farda para prender e algemar o invasor.

Para conter os ânimos das poucas dezenas de pessoas que gritavam das arquibancadas, os policiais passaram a borrifar gás de pimenta do gramado para as cadeiras.

Um dos soldados achou por bem ampliar o “uso gradual da força”, atirando uma bomba sem nem ver para onde, apenas jogou no meio dos torcedores e desceu para o vestiário, como se pode ver no vídeo acima.

O UOL Esporte procurou a Polícia Militar do Amazonas para comentar o episódio, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem. 

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *