Presidente do PT insiste para o governo Dilma tomar atitude contra as emissoras de rádio e televisão

Postado em 23 de março de 2016 às 8h00 – Atualizado em 23 de março de 2016 às 7h29

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

É o velho ditado: “O mundo dá voltas”. A frase feita cabe aqui por conta do então presidente do PT, Rui Falcão, que não aceitou a divulgação dos grampos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva onde envolve, principalmente, a atual presidente do Brasil, Dilma Rousseff.

De acordo com o jornalista Flávio Ricco, do “UOL”, Rui Falcão anda pressionando o governo Dilma para adotar providências contra a imprensa. Para ele, informar o povo sobre o principal assunto do país é considerado “golpe”.

O jornalista ainda compara os tempos de hoje com a ditadura militar, um dos momentos mais trágicos da história do Brasil. Nos anos 70, quando Ernesto Geisel foi presidente do Brasil e teve como ministro da Justiça, Armando Falcão, um dos principais nomes pela defesa da censura contra os meios de comunicação. Para quem é da época, ele é o famoso ministro da frase “nada a declarar”, quando era perguntado sobre qualquer coisa.

Por: Paulo Carvalho

O site ‘Bastidores da TV’ traz uma nova proposta de informação para o internauta. Com um layout moderno e uma equipe afiada, vamos trazer notícias do mundo da televisão, rádio, música, séries, audiências, entrevistas, opiniões, colunas críticas e promoções. Seja bem-vindo ao site ‘Bastidores da TV’!


Fonte: Bastidores da TV

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *