Últimas

Preso em Camela executor da ex-miss Cabo

Um dos três envolvidos do caso do assassinato da ex-miss do Cabo, Cristiane de Lima Santos, 22, foi preso em Camela, distrito de Ipojuca. Antônio Fernandes de Araújo, 51 anos, conhecido por Toinho do Araçá, é o executor do crime e trabalha como assessor parlamentar da Assembleia Legislativa de Pernambuco. O homicídio aconteceu em 2003 e foi preso pela primeira vez em 2008, mas liberado para responder o processo em liberdade. Mas após denúncias de ameaçar as testemunhas envolvidas no caso, a Vara Criminal da Comarca Ipojuca anunciou sua força de mandato de prisão preventiva, efetuada por policiais da Delegacia de Capturas.

Cristiane era gerente do Motel Califórnia, em Ipojuca, e foi encontrada morta a quatro quilômetros do estabelecimento, às margens de uma estrada de acesso ao Complexo Portuário de Suape, no Engenho Pindorama, em Ipojuca. Na época Toinho Araçá, o sogro dele José Apolinário de Oliveira, mandante do crime, e um terceiro envolvido, Eliberto Luiz de Mesquita foram presos. Mas todos tiveram a benéfice em responder o processo em liberdade, após apresentar bom comportamento no Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (COTEL), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife.

O homicídio aconteceu em 2003. Em 2008, a Gerência de Polícia da Região Metropolitana do Recife anunciou a prisão de três pessoas: José Apolônio de Oliveira, 65 anos, dono do hotel onde a vítima trabalhava, Heriberto Luiz de Mesquita, 31, vigilante do hotel, e Antônio Fernandes de Araújo, 43, ex-genro de Apolonio.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *