Principal fornecedora da Apple se torna dona da Sharp

Após anos de namoro, Foxconn e Sharp finalmente fecharam o acordo que dará o controle de uma das maiores marcas de televisores do Japão à maior fornecedora de componentes da Apple.

Segundo comunicados repercutidos pela Bloomberg, a Hon Hai Precision Industry Co. (Foxconn) pagará 389 bilhões de ienes por 66% das ações a Sharp ao valor de 88 ienes por ação. O valor está 100 bilhões de ienes abaixo do que havia sido divulgado um mês atrás.

Em fevereiro, as empresas tornaram público que iriam fechar acordo, mas então a Foxconn descobriu que, sobre determinadas circunstâncias, a Sharp poderia perder até 300 bilhões de ienes em capital. Isso fez com que o chairman da Foxconn, Terry Gou, adiasse a assinatura do contrato até que as condições fossem revistas.

A conclusão das negociações tem efeito significativo na economia japonesa, que não costuma deixar suas empresas-símbolo serem vendidas a grupos estrangeiros. A Foxconn disputava com o Innovation Network Group, que foi fundado pelo governo local para tentar impedir o negócio.

Se o acordo for aceito pelos órgãos regulatórios do país, esta se tornará a maior venda japonesa para uma empresa de fora. A Sharp tem enfrentado perdas pesadas nos últimos anos, mas Gou promete investir cifras bilionárias para posicionar a marca japonesa como competidora de respeito no mercado de telas de smartphones. A ideia é disputar mercado, já na próxima geração de aparelhos, com empresas como Samsung e oferecer produtos até para a Apple – que hoje é o maior cliente da Foxconn.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *