Últimas

Putin ataca dirigentes e autoridades esportivas da Rússia por casos de doping

Moscou, 16 mar (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, criticou nesta quarta-feira o ministro dos Esportes, Vitaly Mutko, e outras autoridades do país, pela demora em se informar da proibição da substância Meldonium, e também por inventar consipirações para justificar os próprios erros.

“Não se deve politizar, nem promover teorias conspiratórias”, disse o líder, sobre o caso que atingiu, entre outros atletas, a tenista Maria Sharapova.

O Meldonium, medicamento cardiovascular, passou a figurar no início do ano na lista de substâncias, banidas pela Agência Mundial Antidoping (WADA), com comunicação às federações tendo sido emitida ainda em 2015.

Putin foi duro com Mutko, deixando claro que ficou insatisfeito com a forma com que os dirigentes e autoridades esportivas reagiram contra as punições de atletas.

“O que é preciso fazer, é não chorar, nem soluçar por qualquer coisa, mas sim vencer, com clara vantagem, para que não haja qualquer dúvida”, garantiu o presidente.

Cerca de 100 atletas da Rússia foram flagrados em exames pelo uso de Meldonium nas últimas semana, no que está sendo considerado um novo escândalo de doping em massa, em um país que já tem a federação de atletismo suspensa.

“É óbvio que nossos dirigentes esportivos deixaram passar essa proibição e não atualizaram, a tempo, a lista correspondente”, criticou Putin.

O presidente cobrou que sejam tomadas todas as medidas cabíveis, para que situações como esta voltem a se repetir, mas também afirmou que os títulos e vitórias de atletas da Rússia no passado não podem ser colocados em xeque.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *