Últimas

Remasterização de "Heavy Rain" no PS4 é oportunidade perdida de atualização

Lançado em fevereiro de 2010, “Heavy Rain” foi um jogo importante para o PlayStation 3, com gráficos realistas que promoviam o potencial do console e uma narrativa cinematográfica e madura pouco comum nos games da época. Agora no PS4, o jogo mantém algumas das características que o tornaram cultuado na geração anterior, mas perde boas oportunidades de se modernizar.

Os gráficos de “Heavy Rain” ganharam uma bem-vinda melhoria, rodando a 1080p e suaves 30 quadros de animação por segundo. Os detalhes de iluminação e os caprichados rostos dos personagens ficaram muito mais nítidos no PS4 do que eram no console anterior.

Essa é, provavelmente, a única melhoria na nova versão de “Heavy Rain”: A movimentação dos personagens, feita segurando o gatilho direito do controle, já era estranha em 2010 e agora, depois de 6 anos e outros jogos do gênero (inclusive “Beyond”, da mesma produtora) – é um sistema esquisito e antiquado, ainda mais combinado com os resquícios dos sensores de movimento do Sixaxis, primeiro controle do PS3.

A Quantic Dream perdeu a chance de substituir isso por um sistema de movimentação mais tradicional, usando a alavanca direita do controle, que, por sinal, quase não é utilizada ao longo de todo o game.

No Brasil, o jogo preserva a opção de jogar em português – de Portugal. Nada da dublagem brasileira que o jogo seguinte da Quantic Dream, “Beyond: Two Souls”, recebeu. Ao menos é possível optar pelo áudio original em inglês e legendas em nosso idioma, sofrendo apenas com algumas expressões curiosas, como “fixe”, de vez em quando.

Ao contrário do que costuma rolar com essas remasterizações, “Heavy Rain” não traz todo o conteúdo DLC lançado para o jogo original. A expansão “The Taxidermist”, um dos pontos altos da aventura, está ausente do jogo no PS4.

No PS4, “Heavy Rain” pode ser adquirido por download na PlayStation Store ou em uma coletânea que traz também “Beyond: Two Souls”.

Assassino do Origami

Em “Heavy Rain” você acompanha a vida de quatro personagens, ligados apenas pelo rastro de mortes causados pelo misterioso Assassino do Origami. O jogo é um thriller policial onde é preciso interagir com outros personagens e com o cenário para encontrar pistas e descobrir a identidade do ‘serial killer’. Também é preciso se envolver em atividades cotidianas, como cuidar dos filhos, tomar banho e tomar remédios para asma.

A mecânica de jogo pode ser descrita como um “adventure de apontar e clicar moderno”, onde você usa os infames QTE e pressiona os botões que surgem na tela para realizar ações variadas. O mais interessante é que, caso algum personagem morra durante o jogo, a história continua, gerando vários possíveis finais.

Atualmente, a produtora de “Heavy Rain” trabalha em um novo game para PS4, chamado “Detroit: Become Human”.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *