Últimas

Rubio vence o caucus do Distrito de Columbia e Cruz triunfa em Wyoming

  • Joe Raedle/Getty Images/AFP

    Da esquerda para a direita, Marco Rubio, Donald Trump, Ted Cruz e John Kasich participam de debate em Miami

    Da esquerda para a direita, Marco Rubio, Donald Trump, Ted Cruz e John Kasich participam de debate em Miami

O senador pela Flórida Marco Rubio venceu neste sábado (12) a prévia republicana do Distrito de Columbia para a candidatura à presidência dos Estados Unidos, enquanto o senador pelo Texas Ted Cruz venceu no estado de Wyoming. Em ambas as prévias, votadas pelo sistema de caucus (assembleias populares), o atual líder da disputa, Donald Trump, ficou em terceiro.

No Distrito de Columbia, similar ao Distrito Federal brasileiro, e onde fica Washinton,  Rubio obteve 37,3% dos votos, seguido do governador de Ohio, John Kasich (35,5%). O  magnata e líder das prévias até o momento, Donald Trump, teve 13,8% dos votos, e Ted Cruz 12,4%.

Estavam em disputa em Columbia 19 delegados que devem indicar o candidato republicano à presidência dos EUA na Convenção Nacional do partido em julho. Conforme a votação, Rubio garantiu dez delegados, e Kasich ficou com os nove restantes. Nem Trump nem Cruz conquistaram nenhum delegado porque ficaram abaixo do piso de 15% dos votos.

Ted Cruz, por sua vez, levou a melhor no Estado do Wyoming, no meio-oeste dos EUA, onde conseguiu 66,3% dos votos, seguido por Rubio (19,5%) e Trump (7,2%). Com este resultado, o senador texano ficou com nove delegados, enquanto Rubio e Trump levam um delegado cada.

Os resultados representam uma pequena vitória e um golpe moral para Rubio, que aposta sua continuidade na disputa presidencial no próximo dia 15 de março, chamada de segunda superterça, quando serão realizadas as primárias na Flórida, Illinois, Missouri, Carolina do Norte e Ohio.

Esse dia será decisivo para os republicanos, já que na Flórida, em Illinois e em Ohio o ganhador conquista todos os delegados em disputa, ao contrário dos territórios com votação neste sábado, onde a distribuição dos delegados é proporcional.

Com seu resultado no Distrito de Columbia, Kasich, que hoje conseguiu o apoio do ex-presidente da Câmara de Representantes dos EUA, John Boehner, também ganha fôlego para terça-feira, quando apostará tudo em Ohio, onde é governador, para seguir vivo na disputa.

Segundo apontam as pesquisas de intenções de voto, Donald Trump é favorito tanto na Flórida quanto em Ohio.

Até o momento, o multimilionário conseguiu 460 delegados (sendo que precisa de 1.237 para conseguir a indicação), enquanto seus principais oponentes, Cruz e Rubio, conquistaram 370 e 163, respectivamente.

Kasich, que não venceu em nenhum estado desde que começou o processo de prévias no último dia 1º de fevereiro, conta com apenas 63 delegados. Os quatro candidatos são os únicos remanescentes no processo do qual o último desistente foi Ben Carson, que declarou nesta semana apoio a Donald Trump.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *