Últimas

Rússia pode ajudar EUA a tirar Raqqa do controle do Estado Islâmico

Moscou, 13 mar (EFE).- A Rússia mostrou-se neste domingo disposta a coordenar suas ações militares com os Estados Unidos para tirar do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) o controle da cidade de Al Raqqa, maior reduto do grupo terrorista na Síria.

“Estamos dispostos a coordenar nossas ações com os americanos, já que Raqqa está no leste da Síria e lá atua principalmente a coalizão americana”, disse o ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, em entrevista à emissora “REN TV”.

Lavrov ressaltou que Al Raqqa “é a principal cidade do califado proclamado pelo EI em território sírio”.

“Certamente não revelo nenhum segredo se disser que chegou um momento emq ue os americanos propuseram dividir o trabalho: a aviação russa se concentra em libertar Palmira, e a coalizão (internacional liderada pelos EUA), com apoio russo, foca em Raqqa”, destacou.

“Os Estados Unidos entendem que não só é preciso trocar informações para não derrubar (aviões), mas devemos coordenar realmente nossas ações na luta contra o terrorismo, caso contrário não alcançaremos nosso objetivo”, acrescentou.

O ministro russo também afirmou que embora o Pentágono não o admita oficialmente, Rússia e EUA já coordenam suas ações na Síria através de canais militares.

“Estabelecemos uma linha telefônica de contato entre seus comandantes na capital da Jordânia (EUA), e aqueles que dirigem a operação (aérea russa) na base síria de Khmeimim. Além disso, oficiais russos e americanos estão presentes em Genebra”, ressaltou.

Lavrov destacou que o assunto da ausência de legitimidade da operação americana na Síria sem o respaldo de Damasco passou a um segundo plano graças à coordenação militar entre Rússia e EUA.

O secretário de Estado americano, John Kerry, informou hoje em Paris que o EI perdeu nas três últimas semanas cerca de 600 combatentes e um território de 3 mil quilômetros quadrados na Síria, coincidindo com o respeito do cessar-fogo estipulado por Moscou e Washington.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *