Saiba como filmes de terror inspiraram o sucesso de "Resident Evil"

No início da vída do PlayStation original, aquele cinza, a Capcom trouxe um jogo que deixou milhões de jogadores com os cabelos em pé devido sua temática inspirada em filmes de horror trash: “Resident Evil”.

Na última terça-feira a série completou 20 anos e UOL Jogos preparou um podcast com um convidado bastante especial: André Ceraldi do site REVIL, especializado na série. 

O programa conta as origens do game, a evolução da série ao passar dos anos, os principais personagens, os eventos de Racoon City e muito mais curiosidades e segredos que envolvem o game que popularizou o gênero horror de sobrevivência.

Vem com a gente e desce pro play. Mas cuidado, lá fora existem zumbis e cachorros prontos para pular em seu pescoço.

O programa já está tocando, mas você pode optar por baixa-lo em seu celular, tablet ou computador clicando aqui. O Playground é um podcast que conta com sua participação. Você pode mandar e-mails para o endereço uol-jogos@uol.com.br, mensagens de texto ou áudio para nosso WhatsApp pelo número (11) 99804-3762. Vem com a gente. Desce pro Play!

Ouça o programa logo acima ou baixe o podcast Playground para seu computador, tablet ou smartphone. Os links estão logo abaixo:

Faça o download do programa
• Assine gratuitamente no iTunes
• Receba o Playground no seu aplicativo de podcasts favorito
• Participe do nosso grupo no facebook

Desce pro Play!

O Playground é um podcast da equipe de UOL Jogos. Nele a redação discute de games retrô aos mais atuais, além disso falamos sobre os filmes, quadrinhos e tudo aquilo que envolver a mídia.

Você pode baixar o arquivo de áudio para ouvir em seu smartphone ou computador clicando aqui. Mas se quiser, pode assinar gratuitamente o podcast Playground de UOL Jogos. Se você tem um iPhone, basta procurar por Playground no app Podcasts ou clicar aqui. Quem usa aparelhos Android ou Windows Phone, pode receber os podcasts clicando aqui para receber nosso feed.

Dessa forma, você recebe o arquivo de graça toda vez que existir uma atualização e ouve quando quiser.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *