Últimas

Saiba tudo o que rolou no primeiro dia do evento da Microsoft

O dia de abertura da Build 2016, evento da Microsoft que acontece em São Francisco, nos Estados Unidos, trouxe novidades interessantes para o mundo da tecnologia. A empresa apresentou funcionalidades da nova atualização do Windows 10 e também introduziu outros recursos que podem revolucionar o mercado.

Atualização do Windows 10

Um dos primeiros anúncios durante o evento foi que 270 milhões de pessoas usam o Windows 10 desde que ele foi lançado em 2015. A marca é histórica, já que o produto se torna o sistema operacional com a adoção mais rápida da história. 

A gigante de tecnologia também revelou que irá disponibilizar a próxima atualização do sistema operacional de forma gratuita para quem já tiver a versão atual instalada.

Chamada de Anniversary Update, ela chega em junho e conta com suporte para o Windows Hello, sistema de reconhecimento facial e de impressão digital disponível em alguns computadores. A novidade irá permitir o login em programas e aplicativos utilizando a funções de biometria.

Reprodução

Outra inovação está relacionada com a caneta Stylus, que permitirá novas possibilidades para desenhar e escrever diretamente na tela de tablets e notebooks híbridos com o sistema operacional. A principal mudança é a integração com novos aplicativos de design e que contam com ferramentas como a “régua digital”, instrumento que permite traços retilíneos.
 

Cortana atualizada

A Cortana, assistente de voz introduzida no Windows 10, também será atualizada para atender melhor os usuários da plataforma. Agora a tecnologia ganha outras funcionalidades como leitura automática de e-mails, agendamento de compromissos no calendário do Outlook e criação de lembretes de tarefas inacabadas.

Reprodução

Além de estar mais inteligente, o serviço também passa a funcionar dentro do Skype como um robô autônomo que serve de assistente pessoal. Com ele, o usuário pode consultar distâncias entre pontos de interesse, horário de funcionamento de algum estabelecimento e outras informações. Ela também poderá ser adicionada em conversas de grupo no software. 
 

Robôs substituindo aplicativos

Ao que foi possível observar na apresentação de hoje, a Microsoft quer intensificar o uso de robôs nos próximos anos. A intenção da empresa é permitir que usuários desenvolvedores possam construir robôs munidos com inteligência artificial para executarem tarefas que, por enquanto, precisam ser comandadas por humanos usando aplicativos.

Reprodução

Mas não são robôs comuns que se assemelham a homens de lata, e sim softwares específicos que executam ordens recebidas por comandos de voz ou texto, como um que poderia ser produzido para a rede de pizzarias “Domino’s Pizza”, por exemplo. Nesse caso, um atendente virtual iria atender pedidos feitos por aplicativos como WhatsApp, Telegram e até mensagens SMS e enviar a encomenda para a casa do usuário. O endereço seria identificado por geolocalização.

Apesar de promissora, a tecnologia ainda enfrenta alguns obstáculos e precisa ser aperfeiçoada para entender e interagir melhor com humanos. O Tay, bot que a Microsoft criou para responder usuários no Twitter, é um exemplo de como a ideia pode não dar certo se não for ajustada.

Windows Phone esquecido

Em entrevista ao The Verge, Terry Myerson, vice-presidente da Microsoft, afirmou que os celulares não são o foco da companhia neste momento. Apesar disso, o executivo garantiu que a empresa não desistiu dos smartphones, mas que agora está redirecionando os esforços para outras áreas.

Reprodução

O Olhar Digital entrou em contato com a companhia para tentar entender a ausência de celulares no evento. De acordo com Greg Sullivan, porta-voz da empresa, “a Microsoft quer quebrar as barreiras entre as categorias de dispositivos”. Segundo explica, o objetivo atual é impulsionar a plataforma universal Windows Mobile, e não empurrar a plataforma de celulares por si só.
 

Xbox One será PC

A próxima atualização do Windows 10 irá permitir que o principal console da Microsoft possa rodar o sistema operacional e não mais uma versão baseada no produto. Dessa forma, aplicativos universais da loja do Windows poderão ser abertos no videogame.

Reprodução

Isso também poderá aumentar a base de jogos da plataforma, uma vez que novos títulos poderão ser lançados em formato universal e não mais exclusivamente para computador.

HoloLens para desenvolvedores

Outra novidade anunciada hoje foi a chegada do dispositivo de realidade aumentada HoloLens para desenvolvedores. Cada usuário pagou US$ 3 mil, cerca de R$ 12 mil, para ter o privilégio de conhecer a tecnologia antes do público.

Reprodução

Na Build, foram feitas apresentações sobre as funcionalidades oferecidas pelo gadget. Um dos destaques foi a possibilidade de usar o produto para causas mais nobres como, por exemplo, mudar os métodos de medicina atuais. Com o dispositivo seria possível “ver” o interior de uma pessoa sem precisar abrir um corpo.
 

Comandos de Linux

Uma das estratégias do Microsoft é aprimorar a usabilidade de seu principal produto. Para isso, o plano foi garantir que a nova atualização do Windows 10 passe a permitir que comandos de Linux sejam efetivos no sistema operacional.

Reprodução

Com isso, os desenvolvedores que preferem trabalhar com Linux ganharão liberdade para migrar para o Windows 10, já que a nova versão irá contar com o interpretador de comandos Bash. O recurso vai adaptar a linguagem dos dois sistemas operacionais.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *