Últimas

Siderúrgica chinesa suspende pagamentos após suicídio de presidente

Pequim, 29 mar (EFE).- A siderúrgica chinesa Dongbei Special Steel declarou suspenso o pagamento de uma dívida de 852 milhões de iuanes (US$ 131 milhões), quatro dias depois de seu presidente, Yang Hua, aparecer enforcado em aparente suicídio, informou nesta terça-feira o jornal “South China Morning Post”.

O caso exemplifica os problemas econômicos que as companhias de indústria pesada chinesa – muitas delas estatais – enfrentam em meio ao atual arrefecimento econômico do país, e ocorreu em uma firma que supre empresas chinesas de construção de veículos espaciais, aviões e trens de alta velocidade.

A mesma companhia, com sede na cidade nordeste de Dalian, admitiu em comunicado ao Escritório de Compensação de Xangai que também é provável que não possa enfrentar um pagamento de outra dívida de 1,015 bilhão de iuanes (US$ 156 milhões) cujo prazo vence no dia 5 de abril.

O caso é um dos primeiros aos quais uma firma estatal declara a suspensão de um de seus pagamentos no mercado interbancário de dívida, já que até agora os governos locais, frequentes gerentes das empresas com maiores problemas financeiros, tinham tomado medidas para evitá-lo por temor a um efeito dominó.

É, em todo caso, a oitava moratória que se declara no mercado de dívida chinês neste ano, e segundo os analistas é um reflexo dos crescentes perigos que o setor financeiro enfrenta no meio de um problema de excesso de capacidade e arrefecimento econômico da China.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *