Suárez admite ansiedade por voltar ao Uruguai em jogo contra o Brasil

O atacante Luis Suárez, do Barcelona, que contra o Brasil voltará a defender a seleção uruguaia após mais de dois anos, admitiu se sentir ansioso por vestir a camisa celeste, em entrevista publicada nesta quinta-feira (17).

“Depois de ter passado muito tempo, obviamente, estou com muita vontade, mas também estou trabalho de que, por sorte, tudo ficou para trás, o pior passou. O que fica é que posso aproveitar de voltar a jogar pela seleção, algo que esperava há muito tempo”, disse o goleador ao site do jornal esportivo “Referi”.

Suárez foi suspenso por nove jogos em competições oficiais, pela mordida no zagueiro italiano Giorgio Chiellini, durante partida da fase de grupos da Copa do Mundo. De acordo com o atleta do Barcelona, a espera foi longa, mas torna o retorno mais satisfatório.

“Os primeiros meses foram muito sofridos, não só profissionalmente, mas também no nível familiar. Depois, voltei a treinar, jogar, me divertir e ganhar títulos. Agora, termino esse capítulo com o retorno à seleção, que é algo que estava desejando”, afirmou ‘Luisito’.

O atacante admitiu que “é normal” que a presença dele na Celeste, no jogo com o Brasil, que acontecerá no dia 25 de março, na Arena Pernambuco, na região metropolitana do Recife, gere “muita expectativa”, inclusive para ele.

“É preciso segurar as emoções, porque sou um ser humano, tenho sentimentos, e sei que será um momento especial, que sempre serei grato”, garantiu.

Suárez admitiu que se tratou de “uma suspensão” dura, os nove jogos longe da seleção, assim como quatro meses de total afastamento do futebol, após a Copa, mas preferiu não comentar o assunto, por considerar que se trata de “coisa do passado”.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *