Táxi sem motorista é testado pela primeira vez em Singapura

Se os taxistas estavam reclamando que o Uber era um concorrente desleal, eles vão ficar bem preocupados com o que o futuro lhes reserva. Na semana passada, em Singapura, a startup NuTonomy testou pela primeira vez um táxi sem motorista.

Durante a avaliação, o veículo precisou andar em uma pista com obstáculos. A empresa, criada no MIT, agora irá testar o carro no distrito de negócios da cidade e planeja estrear o serviço ao longo dos próximos anos. 

Emilio Frazzoli, co-fundador do NuTonomy, diretor de tecnologia e professor do MIT, disse que Singapura é, particularmente, um bom lugar para testar a tecnologia devido às condições do trânsito e investimentos em carros de auto condução por parte do governo.

A empresa defende que os carros sem motoristas podem reduzir o transito e, consequentemente, as emissões de carbono. Um estudo realizado por Frazzoli, em 2014, estima que 300 mil táxis autônomos podem substituir 780 mil táxis convencionais, mantendo o tempo de espera em menos de 15 minutos. “Isso é uma redução de 60% no número de veículos que operam em Singapura”, afirma o professor.

A experiência bem-sucedida aconteceu logo após a startup conseguir um financiamento de US$ 3,6 milhões.

Via Motherboard

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *