Últimas

Toninho Lins renuncia à prefeitura de Rio Largo

Gestor estava afastado do cargo desde o final do ano passado; vice segue à frente do Executivo municipal

 

O prefeito de Rio Largo, Antônio Lins de Souza, conhecido como Toninho Lins, protocolou na manhã desta terça-feira (1), na Câmara Municipal Legislativa, carta de renúncia ao cargo para o qual foi reeleito em 2012. O gestor havia sido afastado da função pelo Tribunal de Justiça (TJ) de Alagoas no final do ano passado, quando a vice-prefeita Maria Elisa Alves assumiu o cargo.

Na carta de renúncia, Toninho Lins afirma que, desde que foi reeleito, não conseguiu “exercer a inteireza das funções” devido às decisões judiciais que o afastaram do cargo. “(…) em meu caso não me foi dada a presunção de inocência, de modo que ao invés de provarem minha culpa tenho eu que provar a correção dos meus atos” (sic), ressaltou o gestor.

O gestor diz que a renúncia decorre da “esperança de que se estabilize o processo político” no município e que espera que a sucessora consiga fazer “o mínimo pela cidade, que hoje se encontra abandonada”.

Motivos

“Saio da prefeitura pelo povo e para cuidar da minha defesa (…) Saio com humildade para dar uma clara demonstração de que há valores maiores do que um cargo: a lealdade com o seu povo e a necessidade de construir uma nova história com todos os que confiam em mim e sabem que sempre honrarei a história do meu pai, como prefeito que foi, e da minha mãe, como eterna educadora”, afirma.
E completa: “Por eles, pela minha esposa, pelos meus filhos e por todos os que me amam, estarei me dedicando a resgatar todos os meus sonhos e valores que acredito e pelos quais entrei na política: depurando esses processos, mostrando a correção dos meus atos, construir um legado que o povo de Rio Largo tenha orgulho”.
Além de elencar os motivos que o levaram a deixar o cargo, Toninho Lins aponta avanços da gestão. “(…) conseguimos construir oito escolas, aproximadamente 12.000 casas, ampliando os programas sociais, fazendo obras necessárias e cuidade dos mais humildes. Orgulho-me da minha equipe, de todos os que contribuíram em fazer tanto com tão pouco e apesar de todas as adversidades”.
À Gazetaweb, o presidente da Câmara Municipal Legislativa, vereador Jefferson Alexandre, confirmou que o prefeito protocolou a carta na qual elenca motivos para deixar o cargo e disse que a prefeita em exercício, Maria Elisa Alves, continuará à frente do Executivo. Ele ressaltou, no entanto, que ainda não teve acesso ao documento e que, portanto, não poderia emitir comentários sobre o assunto.
Por Eduardo Almeida

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *