UFPE firma parceria com CVA para evitar circulação de cavalos no campus

A partir desta semana, cavalos não poderão mais ter acesso ao campus da Universidade Federal de Pernambuco. Os funcionários foram instruídos a barrar a entrada dos animais nos portões de acesso e foram orientados a respeito da lei que proíbe a criação de animais de grande porte na zona urbana.

As Superintendências de Infraestrutura e de Segurança Institucional firmaram parceria com o Centro de Vigilância Ambiental da Prefeitura do Recife para que os cavalos fossem recolhidos. No entanto, como o CVA não está recebendo novos animais, devido à ocorrência de doença infecciosa (mormo) entre animais que estavam sob sua custódia, ficou decidido que as equipes da UFPE vão atuar.

Na reunião entre a PCR e a UFPE, foi sugerida a construção de uma área provisória no campus para abrigar os animais que já foram encontrados circulando nos estacionamentos e outras áreas, o que vai possibilitar, inclusive, a devolução desses animais a seus proprietários. Num segundo momento, deverá ser providenciada a remoção dos cavalos que ainda continuem na UFPE para o CVA/PCR.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *