Últimas

Último dia de inscrições para cursos do Universidade Aberta à Terceira Idade

O programa de extensão Universidade Aberta à Terceira Idade (UnATI), da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), abre inscrições para uma nova temporada de cursos extensionistas. Os interessados precisam ter idade mínima de 60 anos e só podem fazer a inscrição em uma turma até quinta-feira. As inscrições estão condicionadas ao preenchimento das vagas definidas por curso e o formulário de inscrição estará disponível na internet, www.clickpe.com/unati.

São oferecidos 36 cursos que abrangem diversas áreas, entre elas autoestima e afetividade, automassagem, língua estrangeira, introdução à informática, teatro e diversas técnicas de artesanato. No início das aulas, o aluno deverá apresentar a confirmação de inscrição no curso impressa e apresentar cópia dos documentos (identidade ou outro com foto e que comprove sua idade, além do CPF). Já o curso de alfabetização, destinado a pessoas idosas que não tiveram acesso a escolaridade formal, será o único que o interessado poderá ser fazer presencialmente, na sede da Unati.

Segundo a coordenadora da Unati, Ana Paula, a principal diretiz é promover a integração universidade-idoso-comunidade, participando desse processo a comunidade universitária e idosos da comunidade em geral. “O programa foi criado em setembro de 1996. É uma microuniversidade temática que trata dos aspectos do envelhecimento, a partir de 60 anos, através de atividades de ensino, pesquisa e extensão. Agora tenho um carinho muito grande pelo curso de Alfabetização e aguardo novas pessoas este ano”, destacou Ana Paula.

O estudo ‘Depressão e envelhecimento: estudo nos participantes do Programa Universidade Aberta à Terceira Idade’ da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), divulgado em março de 2006, identificou 86 casos de depressão entre os 358 idosos entrevistados. Esse achado em quase um quarto da amostra é considerado elevado em relação aos estudos internacionais realizados em comunidades com idosos, também utilizando escalas para diagnosticar depressão.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população brasileira apresentou um crescimento de 10,5% no período de 1997 a 2007, ao passo que, no contingente populacional de idosos, esse aumento foi de 47,8%. Essa constatação evidencia que o envelhecimento populacional torna-se cada vez mais relevante, superando bastante o aumento da população total.

Universidade Aberta à Terceira Idade

Programa de Extensão vinculado ao Programa do Idoso (PROIDOSO)
Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEXC)
Fone: (81) 2126-7366 / (81) 2126-7367
E-mail: proidosounati@gmail.com%u200B

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *