Últimas

Venda de iPhones deve enfraquecer nos próximos meses, aponta consultoria

Dados divulgados pela consultoria Morgan Stanley estimam que a Apple continue enfrentando queda no número de vendas de iPhones. De acordo com a analista Katy Huberty, no primeiro trimestre fiscal de 2016, encerrado em dezembro de 2015, foram vendidas 56,5 milhões de unidades. No mesmo período do ano passado, as vendas chegaram a 62 milhões. Ainda segundo a consultoria, entre janeiro e março, a fabricante deve vender 49 milhões de iPhones, menos do que os 52 milhões estimado pela Apple.

Huberty explica que apesar do crescimento da participação de mercado na China, maior do que em qualquer outro país monitorado pela consultoria, apesar da fraca economia na região. Entre janeiro e junho, a estimativa é de que sejam fabricados 40 milhões de novos iPhones, o que pode ser um bom sinal para a empresa, que tradicionalmente vê o número de vendas cair no período. Uma das grandes apostas é o suposto iPhone de 4 polegadas, capaz de reaquecer o mercado. Rumores apontam que o modelo será lançado ainda em março e chegará às lojas até junho, o que pode justificar o aumento do movimento nas fábricas.

“Na semana passada, a Apple enviou convites para um evento que acontecerá em 21 de março. Eles provavelmente vão anunciar uma atualização para os iPhones de 4 polegadas, disponíveis no mercado desde 2013. É possível que as primeiras remessas comecem a ser enviadas no final de março, mas a maior parte delas será enviada até junho”, explica a analista.

Apesar dos números sólidos, a Apple ainda deve registrar um declínio de vendas de iPhones nos próximos meses, em relação ao mesmo período de 2015.

Via PhoneArena

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *