Últimas

Wolfsburg volta a vencer Gent e vai às quartas da Champions pela 1ª vez

Wolfsburg (Alemanha), 8 mar (EFE).- Em duelo de estreantes na fase final da Liga dos Campeões, quem terá o privilégio de disputar as quartas do torneio continental será o Wolfsburg, que voltou a vencer o Gent, desta vez por 1 a 0, na Volkswagen Arena, depois de ter feito 3 a 2 na partida de ida.

Os ‘Lobos’ chegaram a abrir 3 a 0 no jogo na Bélgica, no último dia 17, mas ligaram o sinal de alerta depois de sofrerem dois gols. Hoje, no entanto, o time alemão teve a vantagem sob controle e ainda marcou um gol, com Shürrle, no segundo tempo.

O Wolfsburg espera agora o sorteio marcado para o próximo dia 18, em Nyon (Suíça), para saber o adversário contra o qual tentará continuar fazendo história.

Nesta quarta, o técnico dos donos da casa, Dieter Hecking, não pode contar com o zagueiro Naldo, que machucou o ombro e está fora da temporada.

Já o também defensor Dante e o volante Luiz Gustavo foram titulares e tiveram boa atuação, enquanto Bruno Henrique, ex-Goiás, ficou no banco. No Gent, os dois brasileiros do elenco, o lateral Rafinha e o meio-campista Renato Neto, começaram jogando.

Apesar do placar em branco no primeiro tempo, não faltaram chances de gols para os dois lados, e os goleiros tiveram trabalho. Aos 13 minutos de bola rolando, Kruse tocou para Schürrle, que ajeitou, deu um belo giro e chutou perto perto da trave. Pouco depois, aos 18, em jogada iniciada por Dante, Guilavogui encheu o pé e também mandou muito perto da trave.

O Gent também teve oportunidades, como aos 19 minutos, quando Simon dominou na ponta esquerda e cruzou fechado. Para sorte dos ‘Lobos’, ninguém do Gent apareceu para completar, e Dante afastou o perigo.

Com dois homens aberto nas pontas e sem ninguém centralizado, faltava à equipe belga alguém que empurrasse a bola para a rede. Aos 42, Dejaegere passou de cabeça para Milicevic, que cruzou nas costas da zaga. Matton tentou arrematar, mas mais uma vez a bola passou por todo mundo.

O time mandante voltou melhor para a segunda etapa e, podendo até sofrer um gol, administrou a vantagem mantendo a bola no campo de ataque. Aos 12 minutos, Rodríguez cruzou, Luiz Gustavo pegou a sobra e soltou a bomba para boa defesa do goleiro Sels.

As chances continuavam aparecendo, e Schürrle foi de vilão a herói em apenas quatro minutos. Aos 25, o meia-atacante recebeu livre, mas demorou a definir e foi travado. Quatro minutos depois, porém, Draxler fez bonita jogada individual e serviu o camisa 17, que desta vez não perdoou e marcou o gol do jogo.

Um dos destaques do Wolfsburg na partida, Dante fez o desarme no meio, aos 39 minutos, e tocou para Vieirinha, que cortou e arriscou de fora para Sels segurar. A jogada não fez falta, já que o Gent precisava de três gols, que não aconteceram.

Ficha técnica:.

Wolfsburg: Casteels; Träsch, Knoche, Dante e Rodríguez; Luiz Gustavo e Guilavogui; Draxler (Caligiuri), Arnold (Vieirinha) e Schürrle (Schäfer); Kruse. Técnico: Dieter Hecking.

Gent: Sels; Rafinha (Coulibaly), Nielsen, Gerhson e Asare; Renato Neto, Kums, Dejaegere e Matton (Saief); Milicevic e Simon (Foket). Técnico: Hein Vanhaezebrouck.

Árbitro: Damir Skomina (Eslovênia), auxiliado pelos compatriotas Jure Praprotnik e Robert Vukan.

Gol: Schürrle (Wolfsburg).

Estádio: Volkswagen Arena, em Wolfsburg (Alemanha).

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *