Abad pede austeridade de um novo governo após decisão de impeachment na Câmara

Entidade que representa o setor de distribuição, a Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (Abad) defendeu que um novo governo deverá adotar medidas de austeridade na condução da política econômica.

Em nota sobre a votação favorável ao prosseguimento do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no plenário da Câmara, a Abad afirmou que é preciso “lisura na condução do país com cortes no custeio da máquina pública e real compromisso com mudanças na política econômica”.

Para o presidente da entidade, José do Egito Frota Lopes Filho, o atual momento do Brasil exige “doses iguais de esperança e cautela”. Ele avaliou que o encaminhamento do impeachment para o Senado é um primeiro passo para a retomada da governabilidade.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *