Últimas

Agente confirma procura e diz que Nico López é sonho antigo do Inter

Nico López até pode reforçar o Internacional, mas só depois da participação do Nacional-URU na Copa Libertadores de 2016. De acordo com Pablo Bentancur, empresário do atacante, a boa fase em Montevidéu inviabiliza saída imediata. A transferência depende de acerto com a Udinese-ITA e já foi tentada antes.

Em 2015, quando Diego Aguirre treinava o Inter, o estafe do jogador foi procurado. A conversa não prosperou e Nico López acabou voltando para o Uruguai.

“Quando Aguirre estava no Inter, fui consultado. Houve uma conversa, sem proposta oficial. Nos reunimos e o Inter queria o jogador. Acabou não evoluindo”, disse Pablo Bentancur ao UOL Esporte.

Apesar do interesse antigo, o agente vê como impossível a saída imediata de Montevidéu. A identificação com o Nacional, onde foi revelado, e o ótimo momento no time atual são as justificativas.

“Neste momento, Nico quer ficar no Nacional. Ele ficou muito tempo em times onde jogou fora de sua posição. Agora está atuando onde melhor rende, no clube que ama e sendo muito bem tratado por todos. Jogando uma Libertadores”, disse.

Autor de dois gols em cima do Palmeiras, na fase de grupos da Libertadores, Nico López está emprestado ao Nacional por 18 meses. A Udinese pode, nas duas janelas de transferências que existirão durante o empréstimo, vender o atleta.

“O Inter falou comigo, um mês atrás, mas eu disse que a situação de Nico agora é muito boa. A palavra é da Udinese, claro. Eu conversei com o presidente (Giampaolo Pozzo) e ele me disse que ligará quando tiver algo fechado. Aí vamos ver o que será feito”, afirmou o agente.

Em 2016, o atacante acumula nove gols em 11 jogos pelo Nacional-URU (somando campeonato uruguaio e Libertadores). Ele é a alternativa do Inter para Teo Gutierrez, do Sporting-POR, que esfriou por conta dos valores exigidos.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *