Aldo fala sobre revanche negada contra McGregor e acusa irlandês de doping

  • Steve Marcus/AP

José Aldo detonou Conor McGregor em entrevista concedida durante evento no Rio de Janeiro neste sábado (02). O ex-campeão dos penas disse que o irlandês usa substâncias dopantes, que o UFC não testa Conor durante sua preparação para as lutas e que pediu várias vezes para enfrentar McGregor em revanche e não obteve resposta.

Aldo explicou que foi chamado por Dana White para substituir Rafael dos Anjos, em luta de peso casado após o brasileiro campeão dos leves se machucar. “O luta não era pelo penas. Por que eu deveria ter a revanche com ele em um peso diferente que não era pelo cinturão? Agora, fazer essa luta no 70kg, onde ele estava cheio de bomba no corpo, onde ele se esconde e ninguém testa ele, só quando ele vai para Las Vegas, uma semana antes da luta e aí é muito fácil para ele limpar o corpo e lutar. Eles ofereceram a luta sabendo que eu não teria treinado nada. Eu não posso dizer nada. Eu posso treinar, bater Frankie Edgar e então saber que eu ganhei a chance de lutar pelo título de novo”, disse Aldo acusando o irlandês  de doping.

Ando ainda relembrou como foi chamado às pressas para substituir Dos Anjos para o duelo realizado no último dia 5 de março, no qual o irlandês acabou derrotado para Nate Diaz. “Nós ligamos e escrevemos para ele todos os dias pedindo por uma nova luta e nada. Não houve conversas por um mês. Eu esperei por uma ligação de Dana por três semanas, quando ele escreveu para o Dede Pederneiras, eu estava em um jogo de futebol de caridade em Manaus, e ele falou para substituir o Rafael dos Anjos. Ele sabia que eu não estava treinando porque estava voltando de suspensão médica. Eles já tinha em mente quem colocar contra o Conor. Nós pedimos e não obtivemos resposta. Quando eles responderam, foi desse jeito, e ainda dizem que amam a gente. É um pouco estranho, mas o que eu posso fazer?”, completou o brasileiro. 

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *