Amigos e familiares se despedem de Umberto Magnani em São Paulo

Amigos e familiares de Umberto Magnani compareceram nesta quinta-feira (28) ao Teatro de Arena Eugênio Kusnet, em São Paulo, para se despedirem do ator. Magnani não resistiu a um AVC hemorrágico que sofreu na segunda, dia de seu aniversário, e morreu, aos 75 anos, na quarta-feira.

O velório, que estava marcado para começar às 8h, teve seu início atrasado em aproximadamente três horas, após a chegada do corpo, transportado do Rio de Janeiro à capital paulista, que foi recebido sob aplausos. Uma missa, celebrada pelo padre José Roberto, da Igreja da Consolação, foi realizada na cerimônia. O sacerdote lembrou legado do ator: “Nós como igreja católica ficamos felizes com o trabalho dele, não só por esse último, em ‘Velho Chico’, mas todo o trabalho dele, de alguém que ama”. 

Irmão do ator, Gil Magnani disse que ele sempre procurava alegrar as pessoas ao seu redor. “Umberto era sempre alegre, estava sempre contando piada, apoiando, prestigiando. Ele aumentava um fato para fazer as pessoas rirem. No teatro, na TV, ele era o centro das atenções. Ele era bondoso, muito bondoso e acolhedor. Acolhia todo mundo. Ele sempre mantinha a família unida”, afirmou. “Era sempre um carinho. Nunca vi tanta homenagem para uma pessoa na TV, não imaginava que ele era tudo isso”, falou surpreso.

Em entrevista ao programa “Encontro com Fátima Bernardes”, direto do velório, Leopoldo Pacheco disse que já conhecia Magnani no início de sua carreira: “É uma das pessoas mais humanas, dignas e amorosas que já conheci na minha vida”. “Tenho certeza que todos estão prestando homenagem a ele porque é um homem muito especial para todo mundo. Ele nos deixou num momento que estava pleno, feliz e sem perceber”, disse. 

Filho do ator, Beto Magnani ressaltou que o pai “morreu trabalhando”. O ator, que estava no ar em “Velho Chico”, se preparava para as gravações da novela quando passou mal: “Ele morreu trabalhando, com figurino e texto em mãos. Quase em cena e fazendo um trabalho lindo”. A atriz Irene Ravache disse que se emocionou com os últimos momentos de Magnani: “Ele ter passado mal com o figurino me deixou muito comovida. É a cara de um ator tão dedicado como ele foi”. 

Depois da cerimônia, o corpo segue para o Palácio da Cultura Umberto Magnani Netto (R. Conselheiro Dantas, 220 – Bairro São José, Santa Cruz do Rio Pardo), na cidade natal do ator, Santa Cruz do Rio Pardo para mais despedidas a partir das 20h. O sepultamento será na sexta, às 11h, no Cemitério Municipal de Santa Cruz do Rio Pardo.

Magnani era casado com Cecília Maciel Magnani e deixa três filhos, Ana Julia Magnani, Beto Magnani, Graciana Magnani, e duas netas.

Biografia

Divulgação

Umberto Magnani com o filho Beto em cena da peça “Avesso – A Life in the Theatre”

Nascido em 1941 em Santa Cruz do Rio Pardo, no interior paulista, Umberto Magnani havia retornado recentemente à Globo, após dez anos longe da emissora. Desses, ele passou oito na Record, onde atuou em produções como “Chamas da Vida” (2008), “Balacobaco” (2012) e a minissérie bíblica “Milagres de Jesus” (2014). Ele também atuou na novela “Amigas e Rivais”, do SBT, em 2007.

O ator iniciou sua carreira na televisão na primeira versão de “Mulheres de Areia”, exibida pela TV Tupi em 1973. Na Globo, sua estreia veio em 1982, quando participou da série “Caso Verdade”.

Na emissora, ele atuou em várias produções escritas por Manoel Carlos, como “Felicidade” (1991), “História de Amor” (1996), “Presença de Anita” (2001) e “Páginas da Vida” (2006). Atualmente, o ator estava no ar em “Velho Chico”, de Benedito Ruy Barbosa, no papel do padre Romão.

Magnani teve ainda uma carreira extensa no teatro, que teve início quando ele ingressou na Escola de Artes Dramáticas (EAD), em 1965. Em 1968, ele trabalhou com Ruth Escobar e chegou a substituir Antonio Fagundes no Teatro de Arena, na peça “Primeira Feira Paulista de Opinião”, de Lauro César Muniz.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *