Últimas

Após críticar suicídio, funcionário da produtora de "Smite" se demite

Um funcionário da Hi-Rez Studios, empresa responsável pelo game “Smite”, se demitiu da produtora após tecer comentários polêmicos sobre suicídio e depressão durante uma transmissão on-line do game. 

Brandon Nance tinha cerca de 80 mil seguidores na plataforma Twitch. Durante uma transmissão, ele acabou recebendo uma doação de US$ 5 e uma mensagem de um seguidor que dizia ter tentado se matar no último mês de agosto. “Descobri seus vídeos e Smite acabou sendo uma saída positiva para mim. Obrigado”, disse o seguidor.

Após o agradecimento, Nance respondeu com duras críticas ao seguidor. “Há diversos streamers que gostariam da sua mensagem. Eu apenas vou te chamar de babaca. Sucídio é algo egoísta e estúpido para se fazer”.

A situação piorou após Nance estender as críticas a todos que se lamentam por problemas relacionados à depressão. “Todo mundo tem depressão e ansiedade, todo mundo encontra dificuldades para se levantar disso e muitos de nós melhoram sem se tornar um fardo para as outras pessoas”.

“Há terapia, há amigos e pessoas para te ajudar. Se você decidir mesmo assim terminar com a sua vida ou deixar essa doença arruiná-la, então beleza”, completou. A última mensagem foi direcionada ao autor da doação, dizendo que era “bom quando inspiramos as pessoas a serem melhores, mas não é como se não tivéssemos problemas também. Mas eu não quero saber se você tentou se matar, isso coloca um peso em mim que eu não mereço”.

Reação

A comunidade do game no fórum Reddit reagiu duramente aos comentários de Nance, que acabou afirmando que não fará mais transmissões de Smite. Além disso, ele pediu demissão da Hi-Rez, dizendo que a empresa não deveria ser culpada pela sua atitude.

Ele acabou justificando suas falas devido ao stress do estilo de vida que a atuação como streamer o obriga a ter. “Equilibrar esse tipo de vida com, por exemplo, aparições em eventos nos quais você tem que parecer bem e esse tipo de coisa chegaram ao ponto de eu destruir a mensagem que eu queria passar. Por favor, não apontem seu ódio para os outros devido ao meu erro”.

O streamer em seguida anunciou que passar o restante do ano fazendo transmissões e trabalhos voluntários.

Já a Hi-Rez se pronunciou sobre o caso, dizendo que a companhia trata questões como depressão, suicídio e doenças mentais seriamente e que, mesmo respeitando a opinião dos funcionários, costuma agir de forma dura quando eles não respeitam os valores da empresa. “Se sair algo bom desse episódio, que ele jogue luz sobre esses tipos de doença e melhore sua percepção, ampliando sua discussão na sociedade”. 

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *