Últimas

Barcelona cai para "pedra no sapato" e vê liderança ameaçada no Espanhol

Anulados por um forte esquema defensivo, Messi e Neymar não impediram neste sábado a derrota do Barcelona por 1  a 0 para o Real Sociedad, no estádio Anoeta, em San Sebastián. Com o revés do time catalão e as vitórias de Atlético de Madri e Real Madrid, concorrentes diretos na briga pela liderança, a disputa pelo título do Campeonato Espanhol fica ainda mais acirrada.

Sem vencer no Espanhol desde o dia 12 de março, o Barcelona estacionou nos 76 pontos e viu os rivais da capital espanhola se aproximarem. O Atlético, com a vitória por 3 a 1 sobre o Espanyol neste sábado, foi a 73. O Real Madrid soma 72.

Jogar na casa do time basco tem sido um pesadelo para os catalães nas últimas temporadas. A última vitória do Barcelona no Anoeta aconteceu em 2007. Desde 2010, ano em que o Real Sociedad voltou à elite do futebol espanhol, os dois times se encontraram seis vezes em San Sebastián, com quatro vitórias dos donos da casa e dois empates.

A ausência de Suárez, suspenso, fez com que Luis Enrique escalasse o garoto Munir desde o apito inicial.  E a entrada da promessa não foi a única surpresa na equipe catalã. De olho na partida de volta das quartas de final da Liga dos Campeões, contra o Atlético de Madri, na próxima quarta-feira, o treinador poupou três jogadores. Sergi Roberto ocupou a vaga de Jordi Alba na lateral esquerda, enquanto Rakitic e Iniesta foram substituídos por Arda Turan e o brasileiro Rafinha, respectivamente.

Sem os quatro titulares, o Barcelona enfrentou dificuldades para se impor na primeira etapa. A Real Sociedad abriu o placar aos 4 minutos, poucos instantes depois de Munir desperdiçar uma chance cara a cara com o goleiro Rulli, de 23 anos. Oyarzabal aproveitou um cruzamento da direita e cabeceou com precisão para as redes.

Apesar da maior posse de bola do Barcelona nos primeiros 45 minutos, Messi e Neymar pararam na forte marcação do Real Sociedad, que passou a apostar em contra-ataques assim que balançou as redes de Bravo no início do duelo.

Aos 33, o time catalão só chegou ao empate porque Rulli, inspirado, fez grande defesa e impediu o gol de Turan após uma bela trama entre Messi e Neymar.
No intervalo, Rafinha foi sacado para a entrada de Iniesta, que deu volume de jogo à equipe e levou perigo a Rulli com um chute de fora aos 9 minutos da segunda etapa.

Luis Enrique ainda levou a campo na segunda etapa Jordi Alba e Rakitic. As alterações não diminuíram o brilho de Rulli, o nome do jogo. Aos 28, Messi, de dentro da área, viu o goleiro do Real Sociedad operar um milagre e evitar mais um gol. O líder do campeonato, sem sucesso, pressionou a equipe da casa até os instantes finais.

O Barcelona volta a campo pelo Campeonato Espanhol no dia 17 (domingo), quando enfrenta o Valencia no Camp Nou. No dia 20 (quarta-feira), o Real Sociedad recebe o Getafe no Anoeta.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *