Últimas

"Batman vs Superman" mantém liderança nas bilheterias americanas

Pelo segundo fim de semana consecutivo, “Batman vs Superman: A Origem da Justiça” foi o filme mais visto nos cinemas americanos, seguido por “Zootopia” e “Casamento Grego 2”, informou o portal especializado Box Office Mojo nesta segunda-feira.

Dirigido por Zack Snyder e protagonizado por Ben Affleck e Henry Cavill, “Batman vs Superman” arrecadou US$ 52,3 milhões neste fim de semana e já acumula mais de US$ 261 milhões só nos Estados Unidos. Mundialmente, o longa-metragem já arrecadou mais de US$ 682 milhões desde a estreia.

O filme, que faz parte da tentativa da DC Comics de criar um universo nas telonas, como a Marvel, retrata o encontro e a disputa entre Batman e Superman, que começa no momento em que terminou “O Homem de Aço” (2013).

A segunda posição nas bilheterias foi mantida pela animação “Zootopia: Essa Cidade é o Bicho”, que no último fim de semana somou US$ 20 milhões nos Estados Unidos e cuja arrecadação mundial acumulada ultrapassa os US$ 787 milhões.

Com as vozes de Ginnifer Goodwin, Jason Bateman, Idris Elba e Jenny Slate em sua versão original, o filme gira em torno de um reino animal antropomórfico e civilizado onde predadores e presas coexistem apesar das desigualdades.

A terceira posição ficou com “Casamento Grego 2”, a sequência da popular comédia protagonizada por Nia Vardalos, que obteve US$ 11,1 milhões. O filme retoma a história da família Portokalos, que organizará um novo casamento após descobrir um segredo familiar.

Em sua semana de estreia, “Deus Não Está Morto 2” ficou com o quarto lugar, com US$ 8,1 milhões de bilheteria. O longa narra como a resposta de uma professora à pergunta de um aluno sobre a figura de Jesus Cristo provoca um forte debate no sistema educacional americano.

Por último, “Milagres do Paraíso” ocupou a quinta posição graças aos US$ 7,5 milhões arrecadados neste fim de semana. Protagonizado por Jennifer Garner, Eugenio Derbez e Queen Latifah, o filme relata a história de uma menina do Texas com uma grave doença digestiva que se cura de maneira milagrosa.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *