BBB 16: Munik mantém o favoritismo, supera Ronan no último paredão e vai à final

Munik conseguiu a aprovação do público e avançou à grande final do BBB 16. Foto: Globo/Divulgação
Munik conseguiu a aprovação do público e avançou à grande final do BBB 16. Foto: Globo/Divulgação

Depois do paredão entre os dois aliados da ex-BBB Ana Paula Renault, a estudante goiana Munik Nunes, de 19 anos, venceu nas cinco regiões e nas ligações telefônicas e mensagens via SMS, superando o estudante de filosofia curitibano Ronan, de 27 anos, na disputa pela segunda vaga na final da 16ª edição do Big Brother Brasil (BBB), uma das ou a mais polêmica desde o início do reallity show. Na próxima terça-feira, Pequi, como é chamada a goiana, enfrenta Maria Claudia, a Cacau, na decisão que vai mostrar ao Brasil o mais novo milionário do programa, que receberá prêmio de R$ 1,5 milhão.

Dona Geralda é eliminada no penúltimo paredão

Fã assumida de Wesley Safadão, Munik já havia enfrentado dois paredões e foi líder também por duas ocasiões. Já Ronan encarou quatro vezes a berlinda e liderou o programa uma única vez. Ele também foi indicado em uma oportunidade ao falso paredão com a amiga Ana Paula. No penúltimo paredão, Ronan derrotou Dona Geralda, na sexta-feira (1º de abril). Ela perdeu em quatro das cinco regiões do país e nas votações por SMS e ligações telefônicas. Apenas os telespectadores do Centro-Oeste votaram para a continuação da professora aposentada, de 63 anos.

Ensaio fotográfico mostra lado sensual de Ana Paula

Ana Paula é o destaque da décima sexta edição do programa. Foto: Globo/Divulgação
Ana Paula é o destaque da décima sexta edição do programa. Foto: Globo/Divulgação

Os dois emparedados tinham em comum o fato de serem aliados da mineira Ana Paula Renault, considerada a protagonista e o grande nome da edição do BBB 16 . A jornalista, que se notabilizou pelas polêmicas com os adversários e pelo bordão do blogueiro Hugo Gloss (“Olha elaaa”), foi expulsa do BBB 16 após dar dois tapas no rosto de um dos seus desafetos, o modelo Renan, durante uma discussão na festa Trem expresso, na madrugada do dia 5 de março. A sister provocava Adélia, advogada que ameaçou espancar Ana Paula e foi impedida pela produção do BBB 16 de cortar as roupas da jornalista mineira, dias antes da acontecer o embate final entre as duas. O modelo, que se envolveu em diversas brigas com a jornalista, foi agredido pela ex-sister quando tentou impedir que Ana Paula se aproximasse de Adélia para tirar satisfação, depois de ter levado um banho de cerveja da advogada. “Os tapas, na verdade, não foram com raiva. Foi um tipo ‘se liga menino’, porque ele nada tinha a ver com aquela discussão”, disse a mineira.

Eliminada do BBB 16, Ana Paula ganha uma bolada por evento

Durante o churrasco do Almoço especial, a emparedada Munik fez um desabafo. “Nesses últimos dias, eu só tive perda! A cachorrinha vem, mas vai embora no mesmo dia. Você (Ronan) e Dona Geralda no paredão, eu, daquele jeito, sem saber quem que iria, quem ficava. De repente, sai dona Geralda, ontem a última festa…”, disse a sister. “Difícil hein, os últimos dias? Haja coração!”, finalizou Munik. Na mesma comemoração, Ronan brincou com o desabafo da goiana e disse que muitas pessoas apareceram na festa de ontem, mas que nenhuma quis conversar.

Cacau chegou à final sem ter enfrentado um paredão. Foto: Globo/Divulgação
Cacau chegou à final sem ter enfrentado um paredão. Foto: Globo/Divulgação

FINALISTA
Assim como Munik, Cacau também tem 19 anos e estuda publicidade e propaganda. Ela terminou um relacionamento sério só para entrar na casa. Formou par com o ex-brother Matheus, por quem chorou em praticamente todas as festas do reallity. Durante o programa não enfrentou nenhuma berlinda, sendo anjo e líder por duas oportunidades. Após saber que era a primeira finalista do programa, a sister se disse sem palavras. “O que eu tenho a dizer né? Agradeço muito a Deus por tudo, não tenho nem palavras. Quando que iria imaginar que estaria na final do BBB?”, comentou.

Assédio sobre Renan reacende debate entre paquera e abuso sexual

Na próxima terça-feira (dia 5), o público vai escolher entre a representante da facção Sabonete (como foi chamado o grupo formado por Cacau e Matheus) e a Gang Suicida, liderada pela jornalista Ana Paula, que tinha como aliados Munik, Ronan e Dona Geralda. A jornalista mineira derrubou Laércio no segundo paredão e comandou sua Gang no tombamento de um a um dos brothers e sisters da Macholândia, que se autointitulou o Esquadrão do Bem e da Meditação. O último detonado pela Gang foi Matheus, representante da Facção Sabonete.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *