Últimas

Bisturi inteligente consegue diferenciar tumor de tecido cerebral saudável

Pesquisadores da Bélgica desenvolveram um bisturi inteligente capaz de distinguir entre tumores cancerosos e tecido cerebral normal. Geralmente, o processo de distinção é feito pelo médico, manualmente. O dispositivo é indicado para localizar tumores em fase inicial que, aos olhos, parecem iguais a um tecido saudável.

“Embora as técnicas de imagiologia, tais como uma ressonância magnética e um ultra-som localizem um tumor com precisão antes da cirurgia, durante a abertura craniana e durante todo o procedimento cirúrgico, existem muitos fatores que podem levar à perda desta posição, assim, a remoção do tumor depende da experiência e dos sentidos de visão e toque do cirurgião”, explica David Oliva Uribe, responsável pela pesquisa.

Por enquanto, o bisturi só foi testado em cérebros de porcos e em tumores artificial. As próximas etapas, de testes em humanos, podem levar alguns anos para obterem resultados conclusivos. A ideia, no futuro, é ajustar o aparelho para o uso em outras áreas do corpo.

Via Engadget

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *