Últimas

Bombardeios do regime sírio perto de Damasco deixam 13 mortos

Cairo, 23 abr (EFE).- Pelo menos 13 pessoas morreram neste sábado e 22 ficaram feridas em bombardeios do regime sírio na cidade de Duma, situada na região de Ghouta Oriental, o principal reduto da oposição armada nos arredores de Damasco.

Segundo os dados do Observatório Sírio de Direitos Humanos, que qualificou o ocorrido de “massacre”, entre os mortos há três mulheres e dois menores de idade.

A ONG não descartou que aumente o número final de vítimas mortais porque entre os feridos há vários em estado grave.

Não é a primeira vez que os bombardeios do regime deixam dezenas de vítimas em Duma, pois em outubro pelo menos 57 pessoas morreram por um ataque com foguetes das forças do regime a um mercado.

Além disso, em agosto do ano passado, as forças leais ao governo bombardearam um mercado popular e outras zonas de Duma, causando a morte de mais de 110 pessoas.

Por outro lado, em Ghouta Oriental continuaram hoje os enfrentamentos entre rebeldes e o Exército e seus milicianos afins.

Pelo menos cinco rebeldes de brigadas islamitas faleceram, segundo o Observatório, que não pôde precisar o número de soldados mortos.

Estes bombardeios e combates ocorrem apesar de desde 27 de fevereiro estar em vigor um cessar-fogo entre o regime de Damasco e a oposição.

A escalada das hostilidades registrada nos últimos dias influenciou na decisão da oposição de suspender sua participação nas conversas de paz, auspiciadas pela ONU em Genebra.

Também ontem, 20 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas em bombardeios aéreos contra bairros sob o controle dos rebeldes na cidade setentrional de Aleppo.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *