Últimas

Bombardeios e confrontos com o Exército iraquiano matam 24 jihadistas

Bagdá, 3 abr (EFE).- Pelo menos 24 combatentes do grupo Estado Islâmico (EI) e cinco soldados morreram neste domingo na província ocidental iraquiana de Al-Anbar em enfrentamentos entre jihadistas e o Exército e em bombardeios da coalizão internacional liderada pelos EUA.

Segundo disse à Agência Efe uma fonte de segurança, as forças regulares iraquianas, com o apoio de aviões da coalizão, tomaram o controle das zonas de Al Sikak e al-Askari, pertencentes ao município da cidade de Hit, em Al-Anbar.

Na luta para libertar estas duas localidades, situadas a 60 quilômetros ao oeste de Ramadi, a capital de Al-Anbar, 16 homens armados do EI foram mortos e vários veículos usados pelos jihadistas foram destruídos.

Nestes confrontos cinco soldados perderam a vida e outros quatro ficaram feridos.

Outros oito combatentes radicais morreram em um ataque aéreo contra um posto do EI na zona de Al Zagarit, ao norte da cidade de Faluja, situada na província de Al-Anbar, a 50 quilômetros ao oeste de Bagdá.

Por outro lado, a fonte informou sobre a morte de um civil em um ataque com morteiros lançado pelo grupo jihadista contra a cidade de al-Baghdadi, situada a 70 quilômetros ao oeste de Ramadi.

No bombardeio, outros sete civis ficaram feridos, acrescentou a fonte.

Hoje mesmo outros 24 membros do EI, entre eles dois líderes, morreram em operações terrestres e bombardeios aéreos e de artilharia na província de Ninawa, no norte do Iraque, segundo informou o comandante das Operações para a libertação de Ninawa, o general-de-brigada Neyem al Jabouri.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *