Brasileiros têm começo positivo, mas saem descontentes do GP do Bahrein

O GP do Bahrein começou melhor que a encomenda para Felipe Massa. Mas terminou com uma decepcionante oitava colocação. O brasileiro avaliou que a estratégia da Williams, única equipe que fez apenas dois pit stops, comprometeu o resultado.

“Fiquei muito feliz depois da primeira curva quando pulei de sétimo para segundo. E agora estou muito desapontado em terminar em oitavo na corrida”, resumiu o brasileiro. “Nossa estratégia não funcionou em comparação com os demais. Era uma corrida em que deveríamos ter ganhado mais pontos. Não dava para fazer nada. O ritmo com os pneus médios foi desapontador em relação aos outros carros.”

Massa também estava estreando o novo bico e asa dianteira da Williams, mesmo tendo tido pouca chance de acertar seu carro para se adaptar à novidade. “Tomara que os números sejam importantes para os engenheiros e que possamos entender melhor as coisas, ser mais fortes e fazer uma estratégia melhor.”

Seu companheiro Valtteri Bottas foi o nono colocado, mesmo após ter sido punido por uma colisão, ainda na primeira curva, com Lewis Hamilton. “Os primeiros 200m foram o destaque da minha prova. Depois deu tudo errado”, resumiu o piloto, que assumiu a culpa pelo incidente. “Talvez eu tivesse de ter freado um pouco antes.”

Felipe Nasr, por sua vez, terminou em 14º depois de largar em 21º e chegar a andar entre os 10 primeiros. “Largando do fim do pelotão, foi positivo o fato de eu ter ganhado algumas posições. Fiz o melhor que podia, mas o resultado foi o máximo que poderíamos ter alcançado hoje. Temos de analisar cada detalhe para melhorar para a próxima corrida.”

A terceira etapa do mundial será disputada daqui a duas semanas, na China.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *