Últimas

Cameron e Obama se reúnem para tratar sobre EI e referendo britânico

Londres, 22 abr (EFE).- O primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, recebeu nesta sexta-feira em Londres o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para tratar sobre a luta contra o Estado Islâmico (EI) e o próximo referendo sobre a filiação do Reino Unido à União Europeia (UE).

Cameron cumprimentou Obama na porta de sua residência oficial no número 10 de Downing Street, onde foi colocado um tapete vermelho, antes de conduzí-lo ao interior para manter um encontro bilateral.

Segundo um porta-voz do governo britânico, os dois líderes analisarão o progresso da luta contra o EI na Síria e em particular como recuperar do grupo extremista a cidade de Mossul no Iraque.

Espera-se que ambos líderes tratem, além disso, sobre o referendo britânico de 23 de junho, depois que Obama tenha expressado já publicamente sua preferência para que o Reino Unido fique na UE, causando mal-estar entre os eurocéticos deste país.

De acordo com o Downing Street, outros temas que serão abordados na reunião de hoje serão como apoiar o novo governo de Acordo Nacional da Líbia e a missão naval europeia contra as máfias migratórias em águas do Mediterrâneo, a chamada Operação Sófia.

A situação no Afeganistão e na Ucrânia e a colaboração contra o terrorismo centrarão também as conversas, segundo o antecipado pelo porta-voz oficial britânico.

Após uma conversa a sós, se unirão a Cameron e Obama vários ministros britânicos, como o de Economia, George Osborne; Relações Exteriores, Philip Hammond; Interior, Theresa May, e Defesa, Michael Fallon.

No Reino Unido, o casal almoçou hoje com a rainha Elizabeth II e seu marido, Phillip, no castelo de Windsor (arredores de Londres), e esta noite jantarão no londrino palácio de Kensington com os duques de Cambridge, William e Kate, e o príncipe Harry.

O presidente americano participará no sábado de um ato com jovens na Prefeitura de Londres antes de partir no domingo para a Alemanha, a última escala de sua viagem europeia.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *