Últimas

Chay Suede rejeita protagonista de novela para evitar replay de “Rebelde”

Foto: Globo/Alex Carvalho

Foto: Globo/Alex Carvalho

O ator Chay Suede, que está na Globo há menos de dois anos, recusou nos últimos meses pelo menos dois trabalhos na emissora. Depois de dizer não a “Haja Coração”, próxima novela das 19h, Suede acaba de rejeitar o principal personagem de “Sonha Comigo”, novela prevista para estrear em outubro, também na faixa das 19h30. O ator se recusou a fazer o protagonista da trama, um cantor de rock que luta para voltar às paradas de sucesso, por uma questão de estratégia de carreira: ele não quer ficar marcado pelo papel de músico.

Chay, que é cantor, foi revelado em 2011 por “Rebelde”, produção da Record sobre uma banda formada por estudantes. Além de ser quase um replay, voltar a interpretar um cantor, agora na Globo, poderia ser encarado pela crítica como uma limitação. E Suede lança um novo CD no mês que vem e estará nos cinemas, a partir de setembro, interpretando Erasmo Carlos na cinebiografia “Minha Fama de Mau”.

De acordo com informações do colunista Daniel Castro, do Notícias da TV, em “Sonha Comigo”, da autora estreante Maria Helena Nascimento, Suede seria dirigido por Dennis Carvalho, com quem trabalhou em “Babilônia”, no ano passado, sua primeira novela inteira na Globo. Antes, em 2014, ele participou dos primeiros capítulos de “Império”.

Segundo o colunista, o roqueiro de “Sonha Comigo” é o segundo personagem de novela das sete que Suede rejeita. Antes, ele disse não a Giovanni, um dos antagonistas de “Haja Coração”, que substitui “Totalmente Demais” em maio.

O ator está confirmado em “A Lei do Amor”, próxima novela das nove, no ar a partir de outubro. Ele participará apenas dos cinco primeiros capítulos da trama de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari. Interpretará o personagem que a partir da segunda semana será de Reynaldo Gianecchini. Voltará a contracenar com Sophia Abrahão, colega de “Rebelde”.

Disputado por autores da Globo, Suede está cotado para a próxima novela de Glória Perez, prevista para abril do ano que vem. O ator também esteve cotado para a mininovela “Justiça”, que vai ao ar no segundo semestre.

A Globo decidiu endurecer com atores que dizem não aos convites para fazer novelas. A tendência é não mais renovar contratos fixos com esses profissionais e trabalhar com eles apenas por obra certa, como já ocorre com Rodrigo Santoro, Caio Castro, Maria Casadevall e Selton Mello, entre outros.

A assessoria de Chay Suede nega que o ator tenha rejeitado papéis de forma unilateral. “As decisões em relação aos próximos papéis dos atores não são unilaterais e normalmente são tomadas em conjunto entre o ator e a casa. O que acontece é que muitas vezes a possibilidade de o ator fazer um personagem numa determinada novela é divulgada antes que a decisão tenha de fato sido tomada por todas as partes, causando esse ruído e dando a impressão de que o ator diz não, como se essa decisão coubesse apenas a ele, o que não é o caso. A escolha dos próximos personagens é tomada em conjunto entre artista e direção artística da casa”, diz o agente de Suede, Pedro Tourinho.


Fonte: Bastidores da TV

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *