Últimas

Chuvas deixam 4 milhões sem água potável no Chile

Cerca de quatro milhões de pessoas ficaram sem água potável em Santiago do Chile, devido ao efeito das fortes chuvas nos rios Maipo e Mapocho, que abastecem a cidade. “O número de pessoas afetadas superou os quatro milhões”, afirmou o governador de Santiago do Chile, Claudio Orrego.

Devido aos efeitos do mau tempo, foi declarado “alerta vermelho” para a zona metropolitana, uma medida que permite a mobilização de “todos os recursos necessários e disponíveis” em face da sua “extensão e gravidade”, indicou o Gabinete Nacional de Emergência.

“Estamos ativando um plano de emergência que tínhamos definido para esta eventualidade. No ano passado, compramos tanques especiais de acumulação de água e ativamos uma rede de 60 caminhões com cisterna”, explicou Claudio Orrego.

Segundo a Agência Meteorológica do Chile, as chuvas “moderadas a fortes” vão continuar nas próximas horas, embora com menor intensidade.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *