Últimas

Coletânea de Prince chega ao primeiro lugar no iTunes após morte do artista

A coletânea “The Very Best of Prince” chegou ao primeiro lugar entre os discos mais vendidos no iTunes apenas 45 minutos após a notícia da morte do artista, aos 57 anos, nesta quinta-feira (21).

“Purple Rain”, principal disco de Prince e trilha sonora do filme de mesmo nome também está em alta e já alcançou o terceiro lugar. Outro álbum, “The Hits/The B-Sides”, já alcançou a nona posição.

Briga online

O iTunes, loja virtual de música da Apple, é um dos únicos serviços digitais em que o trabalho de Prince está disponível. O artista retirou seus trabalhos de todos os serviços de streaming, inclusive Deezer e YouTube, mantendo-as apenas no Tidal, plataforma criada pelo rapper Jay-Z e que conta com opção para audição em altíssima qualidade.

Prince sempre manteve estrito controle sobre a distribuição de suas músicas online e travou uma longa batalha para tirar do YouTube qualquer trabalho seu.

Ele também tinha uma postura crítica sobre a relação entre a música e a internet. “Ganhávamos dinheiro [online] antes de a pirataria se tornar uma loucura. Ninguém está ganhando dinheiro agora além das companhias telefônicas, da Apple e do Google”, disse ele ao jornal “The Guardian” em 2011.

“Eu pessoalmente não suporto música digital. Você recebe os sons em pedaços. Afeta uma parte diferente de seu cérebro. Quando você coloca para tocar, não sente nada. Somos pessoas analógicas, não digitais”, completou.

Morte

O cantor e multi-instrumentista Prince, que movimentou a indústria musical com suas baladas funkeadas e sensuais, morreu nesta quinta-feira, em Minessota.

Prince tornou-se fenômeno mundial nos anos 1980, fundamentalmente com “Purple Rain” (1984), considerado um dos melhores álbuns de todos os tempos, que também deu origem ao filme de mesmo nome.

O híbrido entre R&B, jazz, rock, pop e funk fez com que o artista vendesse 100 milhões de álbuns e se tornasse um dos mais vendidos de todos os tempos. Ele ganhou sete Grammy Awards, um Globo de Ouro, e um Oscar. Ao lado de Madonna e Michael Jackson, o cantor era constantemente chamado de ícone do pop.

Pela manhã, a polícia de Minessota, nos EUA, divulgou que um corpo não identificado havia sido encontrado em Paisley Park, onde o cantor morava e mantinha um estúdio. As autoridades afirmam que receberam uma chamada médica às 9h43 da manhã, horário local. A causa da morte ainda não foi informada.

Prince fez sua última apresentação há uma semana, em Atlanta, no dia 14 de abril. Logo após o show, passou mal dentro de seu jatinho particular. O avião fez um pouso não programado em Quad City International Airport na madrugada e o artista foi levado imediatamente para o hospital, onde ficou por três horas, sendo liberado em seguida.

O motivo do mal-estar, segundo os representantes do artista, teria sido uma forte gripe que enfrentava havia semanas. Prince já tinha cancelado dois shows no início de abril. 

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *