Últimas

Com 5,48 m, maior crocodilo em cativeiro do mundo é atração na Austrália

  • Divulgação/Marineland Melanesia

    George Craig fica pequeno perto do crocodilo, que tem 5,48 metros de comprimento

    George Craig fica pequeno perto do crocodilo, que tem 5,48 metros de comprimento

O zoológico Marineland Melanasia está localizado na paradisíaca ilha Green Island, no nordeste da Austrália e ao lado da Grande Barreira de Corais. Mas turistas não viajam até lá para admirar parentes do peixe Nemo ou fofos coalas.

A grande atração do lugar é um animal que atende pelo singelo nome de Cassius e que, atualmente, é considerado pelo Guinness World Records como o maior crocodilo em cativeiro do mundo.

O comprimento do bicho é de 5,48 metros e calcula-se que ele tenha pelo menos 110 anos de idade. Seu peso ultrapassa uma tonelada. 

No Marineland Melanasia, os turistas podem ver o fundador do zoológico, George Craig, alimentando Cassius com carne de porco, peixes, galinha e de “visitantes da ilha”, brinca o site do local.  

Divulgação/Marineland Melanesia

Calcula-se que Cassius tenha mais de 100 anos de idade

Craig chega extremamente perto do crocodilo, que está no zoológico desde os anos 1980, quando foi trazido do rio Finniss, situado no extremo norte da Austrália, em uma área temida por abrigar crocodilos gigantescos. 

O site do zoológico afirma que, quando vivia no Finniss, Cassius era conhecido por atacar alguns dos barquinhos que passavam pela área, às vezes arrancando pedaços das embarcações.  

Além dele, o Marineland Melanasia abriga 40 crocodilos, alguns com mais de quatro metros de comprimento. No local há também um aquário com peixes do oceano Pacífico. 

Mais informações: www.greenislandcrocs.com.au

Divulgação/Marineland Melanesia

Cassius ganha uma galinha inteira na hora no almoço

Divulgação/Marineland Melanesia

O Guinness considera Cassius o maior crocodilo em cativeiro do mundo

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *