Últimas

Com 9 campeões, Libertadores define as oitavas: veja quem pega quem

Nove campeões da Copa Libertadores estão garantidos nas oitavas de final, na luta para colocar mais uma vez o cobiçado troféu sul-americano em suas galerias. A vitória do River Plate (ARG) sobre o Trujillanos (VEN), por 4 a 3, e o empate entre The Strongest (BOL) e São Paulo (1 a 1) confirmaram argentinos e brasileiros como os últimos dos 16 clubes classificados e também definiram os duelos das oitavas de final da competição.

De um lado da chave, os jogos serão Atlético Nacional (COL) x Huracán (ARG), Rosario Central (ARG) x Grêmio, Atlético-MG x Racing (ARG), Toluca (MEX) x São Paulo. Do outro lado, jogarão Pumas (MEX) x Deportivo Táchira (VEN), River Plate (ARG) x Independiente Del Valle (ECU), Corinthians x Nacional (URU) e Boca Juniors (ARG) x Cerro Porteño (PAR). As oitavas começam na próxima semana, ainda com datas a serem confirmadas pela Conmebol.

Galo e São Paulo podem fazer um duelo brasileiro nas quartas de final, enquanto que o Timão pode pegar o poderoso Boca Juniors, reeditando duelos das edições de 2012 e 2013, quando houve um triunfo para cada lado.

Atlético Nacional (COL), Grêmio, River Plate (ARG), Atlético-MG, Racing (ARG), São Paulo, Corinthians, Nacional (URU) e Boca Juniors (ARG) são os clubes que já conquistaram a competição e seguem na Libertadores. Do total de 15, na edição que reuniu o maior número de vencedores da história, seis clubes foram eliminados na fase de grupos: Palmeiras, Peñarol (URU), Colo-Colo (CHI), San Lorenzo (ARG), LDU (ECU) e Olimpia (PAR). Veja um resumo das campanhas dos 16 classificados:

1ª CHAVE – QUARTAS DE FINAL: 1 X 2 e 3 x 4

1) Atlético Nacional (COL) x Huracán (ARG) – 2º jogo na Colômbia

Melhor time da fase de grupos, colombianos buscam seu segundo título de Libertadores na história. O Huracán, pior segundo colocado, integrou o mesmo Grupo 4 do Nacional: 2 a 0 para os colombianos na Argentina e empate sem gols na Colômbia. A equipe da Colômbia fez 16 pontos, com cinco vitórias e um empate. Huracán passou com oito, com duas vitórias, dois empates e duas derrotas na chave.

2) Rosario Central (ARG) x Grêmio – 2º jogo na Argentina

Pior primeiro colocado, os argentinos encaram o melhor segundo. O Rosario fez 11 pontos no Grupo 2, que teve o Palmeiras eliminado. O Verdão venceu os rosarinos em casa (2 a 2) e empatou na Argentina (3 a 3). O Grêmio, que passou pelo Grupo 6 com a mesma pontuação do Rosario, busca o tricampeonato.

3) Atlético-MG x Racing (ARG) – 2º jogo no Brasil

Quarto melhor time da fase de grupo, o Galo avançou com 13 pontos no Grupo 5, sofrendo apenas uma derrota, fora, para o Independiente Del Valle. Quarto pior segundo colocado, os argentinos só garantiram sua vaga na última rodada, chegando aos 9 pontos no Grupo 3, o mesmo do Boca Juniors. Atlético e Racing buscam o bi.

4) Toluca (MEX) x São Paulo – 2º jogo no México

Quinto melhor time da fase anterior, os mexicanos venceram o Grupo 6, o mesmo do Grêmio, com 13 pontos. O Toluca bateu os gaúchos por 2 a 0 no México e perderam (1 a 0) em Porto Alegre. Quinto pior segundo, o São Paulo sofreu até a última rodada, na altitude de La Paz, para garantir sua vaga com nove pontos no Grupo 1. A equipe do Morumbi luta pelo tetra da Copa.

2ª CHAVE – QUARTAS DE FINAL: 5 X 6 e 7 x 8

5) Pumas (MEX) x Deportivo Táchira (VEN) – 2º jogo no México

Segundo melhor time da fase de grupos, o Pumas fez 15 pontos no Grupo 7 e vai encarar o segundo pior segunda, que estava na mesma chave. Os venezuelanos se classificaram com nove pontos.

6) River Plate (ARG) x Independiente Del Valle – 2º jogo na Argentina

Sétimo melhor time da fase anterior, o River fez 11 pontos no Grupo 1: empatou com o São Paulo em Buenos Aires e perdeu no Morumbi, por 2 a 1. Atual campeão, o time argentino busca o tetra da Copa contra os equatorianos, surpresa na competição. O Del Valle fez 11 pontos no grupo do Atlético-MG, vencendo os brasileiros por 3 a 2, no Equador e vendendo caro uma derrota por 1 a 0 em Minas.

7) Corinthians x Nacional (URU) – 2º jogo no Brasil

Terceiro melhor time da fase de grupos e melhor brasileiro, o Timão passou sem grandes sustos pelo Grupo 8, chegando a 13 pontos. A equipe busca o bicampeonato da Copa contra o algoz do maior rival Palmeiras nesta edição. Segundo colocado no Grupo 2, com nove pontos, o Nacional venceu o Alviverde duas vezes: 2 a 1 em São Paulo e 1 a 0 em Montevidéu. Os uruguaios buscam o tetra da Libertadores.

8) Boca Juniors (ARG) x Cerro Porteño (PAR) – 2º jogo no Argentina

Sexto melhor time da fase de grupos, o Boca fez 12 pontos no Grupo 3 na busca pela 7ª taça da Libertadores. Os paraguaios passaram com 10 pontos no mesmo grupo do Corinthians, adversário que impôs a única derrota ao Timão: 3 a 2 no Paraguai.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *