Como anda o futebol brasileiro… você sabe dizer?

O Brasil é o país do carnaval, de praias belíssimas e, obviamente, o país do futebol. O esporte está presente na vida do brasileiro, é uma identidade cultural, uma paixão. Para alguns é uma filosofia de vida, onde o time é praticamente um símbolo de convivência. Os brasileiros começam a ter intimidade com a bola desde criança, seja na quadra da escola ou no descampado da comunidade, a pelada faz parte do cotidiano da maioria dos brasileiros. Como a prática faz a perfeição, pode-se dizer que o Brasil é um berço de craques. Alguns destes eternizados na história do esporte, e embora já estejam aposentados, serão sempre lembrados pela genialidade. 

Muitos dos grandes craques mudaram bastante de suas histórias. Ronaldo, depois de sua precoce aposentadoria, o jogador passou a se dedicar a vida empresarial. O jogador toca um negócio de marketing esportivo, sua empresa ajudou a organizar a Copa de 2014. Denílson passou a trabalhar como comentarista esportivo e apresentador de TV, atualmente é a grande estrela da gigante 888poker.

Apesar de ser um celeiro de grandes jogadores, o Brasil não tem tido um bom desempenho nos últimos anos. Sem levar a taça desde o mundial de 2002, quando derrotou a Alemanha na final, a Seleção Brasileira vem enfrentando uma fase ruim. Na Copa de 2014 a mesma Alemanha venceu a final contra o gigante brasileiro com uma goleada histórica. Mas a má fase do futebol brasileiro tem causa, não é somente uma má sorte. O período de derrotas tem muito a ver com os últimos técnicos que lideram a seleção, segundo os especialistas no assunto.

Mas não é somente por falta de bons técnicos, ou por causa de quem os coloca na posição de técnicos, que o Brasil tem sofrido com a baixa de nível de seu futebol. Os clubes também contribuem bastante para o baixo rendimento dos jogadores. A grande questão é que o futebol passou a ser um assunto para profissionais e não há mais a dedicação de antes que fazia com que o futebol brasileiro fosse tão admirado. Os famosos olheiros foram substituídos por outros profissionais que trocam a qualidade pela oportunidade. Houve uma grande precarização do ofício, muitos são os jogadores que reclamam das péssimas condições de trabalho: estrutura sucateada, atraso nos salários e negociações irresponsáveis. O fato de o futebol ter se tornado um negócio muito lucrativo devido ao alto valor oferecido pelos passes dos jogares, fez com que muitos clubes passassem a investir nos jogadores como quem investe em um produto, o futebol-arte, histórico patrimônio brasileiro que sempre foi motivo de admiração, simplesmente já não existe mais.

Este triste cenário do futebol brasileiro de hoje destrói parte da cultura do país e pavimenta o caminho para o despontar de outros times, mais profissionais, fazendo com que as chances de recuperação fiquem cada vez mais distantes. Se o Brasil quiser recuperam seu posto, é necessário resgatar a paixão e a seriedade. Por enquanto, o que se vê não são mais clubes sérios, mas sim um grande balcão de negócios, onde jogadores são rifados. Tempos difíceis para os apaixonados por futebol.


Esporte Interativo fecha parceria e terá programa de poker

Como anda o futebol brasileiro... você sabe dizer?

Tudo sobre o mundo dos famosos, novelas, festas e TV, você encontra em O Fuxico!

Fonte: OFuxico.com.br
Matéria Originalmente postada pelo site O Fuxico

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *