Últimas

Corinthians B goleia por seis novamente e deve pegar Nacional nas oitavas

Enfrentar o Corinthians reserva está longe de ser um bom negócio. Nesta quarta-feira, em Itaquera, o Cobresal-CHI provou desse sabor amargo: os corintianos aplicaram goleada por 6 a 0 e garantiram a terceira melhor campanha da fase de grupos da Copa Libertadores. 

Os gols marcados por Marlone (dois), Ángel Romero (dois), Guilherme Arana e Elias, que entrou no segundo tempo, tiraram o Racing-ARG e colocaram o Nacional-URU como muito provável rival dos corintianos.

As oitavas de final da competição serão definidas com dois jogos pelo Grupo 1 na quinta-feira, mas são muito remotas a hipótese de o Corinthians ter outro adversário. Para que isso ocorra, o River Plate-ARG precisaria perder, dentro de casa, para o Trujillanos-VEN. Nesse caso, o rival passaria a ser o Deportivo Táchira-VEN. O mata-mata será aberto já na próxima semana. 

Na noite desta quarta, Tite sequer precisou de seus principais jogadores para conseguir o maior placar do Corinthians na temporada 2016. A decisão da comissão técnica foi preservar titulares para a semifinal do Campeonato Paulista, no sábado, contra o Audax Osasco. Mas, com apenas Cássio como titular, o já eliminado time chileno foi facilmente abatido. Diante de 42 mil torcedores e exibições empolgantes de Romero e Marlone, os reservas fizeram lembrar de 2015, quando ganharam do São Paulo por 6 a 1 na reta final do Brasileirão. 

CORINTHIANS 6 x 0 COBRESAL-CHI

Data: 20/04/2016 (quarta-feira)

Local: Arena Corinthians, em São Paulo

Árbitro: Carlos Orbe (Equador)

AuxiliaresEdwin Bravo e Flavio Nall 

Renda: R$ 2.635.754,50

Público pagante: 41710

Cartões amarelos:  Jonathan Benítez

Gols: Marlone, aos 9min, Romero, aos 12min, Marlone, aos 39min, Guilherme Arana, aos 44min do primeiro tempo, Elias, aos 29min, Romero, aos 31min do segundo tempo

CORINTHIANS

Cássio; Edílson, Vílson, Balbuena e Guilherme Arana; Willians (Elias); Romero, Rodriguinho (Cristian), Maycon e Marlone (Alan Mineiro); Luciano. 

Treinador: Tite

COBRESAL

Sebastián Cuerdo; Diego Cerón, Juan Contreras, Pablo González e Flavio Rojas; Rodrigo Ureña, Alejandro López, Jonathan Benítez (Johan Fuentes), Victor Sarabia (Jose Luís Cabión) e Israel Poblete (Patrício Jerez); Lino Maldonado.

Treinador: Dalcio Giovagnoli

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *