Últimas

Corpo do dramaturgo Naum Alves de Souza será enterrado neste domingo

Será enterrado neste domingo (10/04), às 17h, no Cemitério Gethsêmani, em São Paulo, o corpo do dramaturgo Naum Alves de Souza. Autor de textos como Aurora da minha vida e No Natal a gente vem te buscar, ele morreu na noite deste sábado, aos 73 anos. A causa da morte ainda não foi anunciada.

Nascido em Pirajuí, interior de São Paulo, Souza também atuou como artista plástico, figurinista, cenógrafo e professor. Em 1972, fundou o Pod Minoga Studio, grupo de teatro experimental que influenciou vários atores e autores. Nesta época, ele trabalhou com nomes como Flávio de Souza, Mira Haar e Carlos Moreno.

Naum Alves de Souza foi o responsável pela cenografia de espetáculo antológicos, como Falso brilhante, de Elis Regina e A hora da estrela, de Maria Bethânia. Esteve ao lado ainda de nomes como Fernanda Montenegro (ele assinou a cenografia de Dona Doida, criado a partir de poemas de Adélia Prado). Ainda dirigiu Marieta Severo, Maria Padilha, Sérgio Britto, Cleyde Yáconis, entre vários outros.

Em sua conta no Twitter, o ator Marcelo Médici lamentou a morte do dramaturgo. “Flávio Guarnieri, Phedra de Córdoba e Naum Alves de Souza? Que semana FDP.” Também ator, diretor e dramaturgo, Dionisio Neto lamentou pela mesma rede social: “Dedico meu dia a você Naum. Obrigado por cada sorriso que sorrimos juntos.”

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *